ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Minas Gerais

Carinho dá mais leite - como a doma de novilhas para ordenha estimula a produção

15 de julho 2021
Por Senar

A rotina é nova, mas é cumprida com rigor pelo vaqueiro. Cerca de vinte dias antes do primeiro parto de cada novilha, Givaldo Macedo começa a preparar o animal para a ordenha. A calma, agora, é a chave do sucesso. Ele a conduz até a sala de ordenha, escova seu pelo e a deixa pronta, com tranquilidade, para as novidades que virão. “Trabalho com ordenha há mais de 15 anos e nunca imaginei como esse preparo ia mudar tanto as coisas. As novilhas já chegam tranquilas, soltam mais leite, sem briga e sem tomar tanto tempo. Já não precisamos mais aplicar ocitocina, o que gerou ainda mais economia, com tantos benefícios”.

A mesma mudança é também festejada em outras propriedades no município de Manga, região Norte de Minas. Por lá, o curso de Doma Racional de Novilhas para Ordenha, promovido pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES, derrubou hábitos antigos e provou que carinho dá mais leite sim!