Publicações

Boletim
15 de março de 2022
PIB do Agronegócio cresceu abaixo das projeções
banner.png

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro, calculado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), cresceu 8,36% em 2021, a despeito dos efeitos adversos do clima sobre as safras agrícolas. Com isso, o setor alcançou participação de 27,4% no PIB brasileiro, a maior desde 2004 (quando foi de 27,53%). Destacamos que, entre o terceiro e o último trimestre daquele ano, o agronegócio recuou 2,03%, refletindo sobretudo uma piora nos preços reais do setor.

Áreas de atuação