ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso

Produtores falam sobre as transformações que a assistência técnica trouxe para as propriedades
07 14 jul dia de campo campo verde piscicultura 2

Confira o depoimento de produtores atendidos pela ATeG do Senar-MT durante os 100 Dias de Campo

15 de julho 2022
Por Senar

O assunto em pauta em todo o Mato Grosso nos últimos 15 dias foi a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). O projeto “100 dias de Campo da ATeG do Senar-MT – em 15 dias”, foi realizado em mais de 30 municípios.

Estes eventos realizados junto com os Sindicatos Rurais, com o apoio do Corpo de Bombeiros e, em alguns municípios, com os integrantes do projeto Famato Jovem, atenderam produtores de nove cadeias produtivas. Em cada evento eram três palestras com assuntos relativos a cadeia produtiva. Ninguém melhor que os participantes para falar do assunto.

COM A PALAVRA OS PRODUTORES RURAIS:

0

Moisés Vizioli – pecuária de corte – Castanheira – “Somos assistidos pela ATeG faz quase um ano e com o apoio técnico estamos melhorando cada vez mais. Fizemos análise de solo e a separação do gado. Estas iniciativas contribuíram não só para a melhora da qualidade, mas também da nossa produtividade”.

0

Leonir Valk e família – pecuária de leite – Cláudia – “Desde que o técnico começou a nos orientar passamos por várias mudanças. A assistência traz conhecimento para o produtor. Isso é muito importante. Mudamos o manejo de ordenha e nutrição. Aconselho todos a pedir a ATeG do Senar-MT. É só ir ao sindicato rural de seu município e solicitar”.

0

Adão Luiz de Oliveira – pecuária de corte – Juína – “O acompanhamento do técnico na parte de gestão mudou tudo na propriedade. Anotamos tudo, mesmo que seja a compra de um parafuso. Já fizemos analise de solo e estamos na fase de planejamento”.

0

Valdemir de Oliveira Mouro – pecuária de corte – São José do Rio Claro – “A assistência técnica mudou minha forma de pensar. Antes eu achava uma perda de tempo ir a uma palestra ou a um dia de campo. Agora dificilmente perco a oportunidade de agregar conhecimento. Nunca sabemos de tudo. Podemos aprender sempre.

0

Welligton Maganha dos Santos – olericultura – Campo Verde – “Estou ansioso para ver o que o Senar-MT tem para me oferecer. Como não tenho nem conhecimento técnico e nem prático, a minha expectativa é conhecer melhor a parte de sementes, adubos e melhorar a qualidade do meu produto”.

0

Fran Campos – ovinocultura – Campo Verde – “ATeG é gestão. Nós produtores temos uma dificuldade grande de fazer conta. A assistência técnica do Senar-MT traz profissionalização para a propriedade e, com isso, temos um retorno financeiro muito mais eficiente”.

0

Alberi Luiz Forgiarini – piscicultura – Campo Verde – “Já fui atendido pela assistência técnica do Senar-MT. A expectativa com a piscicultura é receber conhecimento e o acompanhamento técnico para melhorar a qualidade e também aumentar a produção. A assistência técnica nos dá uma visão melhor do nosso negócio”.

0

Francisco de Assis da Silva – olericultura – Jaciara – “Mudamos a maneira de trabalhar e de cuidar das plantas. Quando pensamos que sabemos de tudo, não sabemos de nada. Esta assistência técnica do Senar-MT é conhecimento. O meu recado para os vizinhos é que busquem conhecimento que é tudo na vida”.

Selo