ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso

Produtor de pecuária de corte comemora chegada da ATeG
Produtor Lo Miranda jauru 1

O pecuarista Ló de Miranda, do município de Jauru, é um dos 700 atendidos pela ATeG, na cadeia produtiva de bovinocultura de corte

20 de abril 2022
Por Senar

Produtores rurais da cadeia produtiva da bovinocultura de corte estão buscando melhorias na produtividade por meio da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). O programa já atende cerca de 700 propriedades nessa área e a demanda é crescente.

Dentre as propriedades já atendidas está a Estância Miranda, localizada no município de Jauru.  O pecuarista Ló de Miranda, hoje com 70 anos, está na região há mais de 50. Junto com a família, ele toma conta de 400 cabeças de gado. Como atendido há alguns meses, ele já percebe a diferença com a assistência da ATeG.