ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso

Lançamento do ATeG + Genética reúne consultoria e técnicos de campo
09 01 set lancamento ateg mais genetica 12

Os atendimentos do programa ATeG + genética iniciam a partir da segunda-feira (05.09)

1 de setembro 2022
Por Senar

Por: Assessoria de Imprensa/Senar-MT

Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT

Na manhã desta quinta-feira (01.09), foi apresentado o programa ATeG + Genética aos técnicos de campo credenciados ao Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). O programa deve iniciar atendimento na pecuária de leite a partir da segunda-feira (05.09).

Ao todo, são 1687 propriedades de bovinocultura de leite atendidas pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em 66 municípios do estado. Neste primeiro momento 364 serão beneficiadas em mais de 30 cidades das Regionais do Senar-MT de São José dos Quatro Marcos e Rondonópolis, que serão as primeiras a receberem os atendimentos. As propriedades já são atendidas pela ATeG do Senar-MT e a escolha foi feita com base no interesse do produtor rural.

Segundo o supervisor da ATeG, Tulio Marçal, o ATeg + Genética surgiu no intuito de melhorar os indicadores das propriedades. “A expectativa é melhorar os índices das propriedades, aumentar a produção de leite e consequentemente a renda dos produtores rurais”.

0

A meta é atender 1000 propriedades rurais pela parceria com o Instituto Biossistêmico (IBS), consultoria especializada contratada para desenvolver o projeto em conjunto com a ATeG. De acordo com a médica veterinária e supervisora da ATeG, Jéssica Gonçalves, serão realizadas 10 inseminações por propriedade. “Será realizada a análise em cada propriedade e verificados os resultados a campo. Inicialmente a duração do projeto é de 12 meses com quatro rodadas, com intervalo de 90 dias entre elas”.

Segundo o coordenador técnico dos projetos de pecuária do IBS, Luiz Sartori, a principal tarefa é o manejo reprodutivo. “Vamos juntar toda a capacidade da ATeG, com o auxílio reprodutivo e qualidade de leite. Neste contexto pretendemos conseguir vacas e bezerras com mais produtividade e melhorar a qualidade do produto ofertado”.

Pecuária de corte – Está previsto para 10 de outubro o início dos atendimentos em pecuária de corte. Inicialmente o programa será ofertado nas regionais do Senar-MT de Juína e Campo Novo do Parecis, que abrangem cerca de 30 municípios.

Selo