Espírito Santo

Coletânea online e gratuita do Senar auxilia produtores a cumprirem a NR-31 no Espírito Santo
COLETANEA NR 31

A coletânea reúne todas as normas necessárias relativas à saúde e segurança no trabalho no campo

2 de junho 2022
Por Senar

A colheita do café conilon teve início em maio nas lavouras do Espírito Santo, período em que o grão atinge o ponto de maturação que resulta em melhor rendimento, produtividade e qualidade. E é o mês em que ocorrem muitas contratações de mão-de-obra para auxílio da colheita. 

Para que haja segurança na colheita do café para o produtor rural, como também para o trabalhador rural, é necessário boas condições de trabalho e que seja cumprida a Norma Regulamentadora - NR-31, que diz respeito quanto à contratação; Equipamento de Proteção Individual - EPI’s; transportes; refeitórios e banheiros; alojamentos; Programa de Gerenciamento de Risco no Trabalho Rural – PGRT, entre outros quesitos que são verificados pela intensificação das fiscalizações.

Pensando nisso, a Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (FAES) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES) disponibilizam aos produtores a coletânea NR-31 que reúne as principais informações sobre a normativa. 

“A coletânea está disponível online a todos os produtores, e reúne em quatro volumes todas as normas necessárias relativas à saúde e segurança no trabalho no campo para que a colheita seja realizada de forma segura em todo o Estado. Dessa forma reforçamos nosso compromisso de levar informação aos produtores e  trabalhadores rurais e incentivamos que todos estejam atentos durante a colheita do café e também depois”, destacou o presidente da FAES, Júlio Rocha. 

A coletânea está disponível de forma gratuita neste link: https://www.cnabrasil.org.br/senar/colecao-senar , e para ter acesso e fazer o download é necessário realizar cadastro.

Outro item fundamental e obrigatório que versa sobre Segurança e Saúde no Trabalho é que todos os trabalhadores rurais que irão utilizar equipamentos tais como motosserra, roçadeiras, derriçadeiras, operação de máquinas estacionárias, autopropelidas e demais máquinas, assim como aplicação de defensivos, tenham o certificado de capacitação e treinamento. 

“No Espírito Santo o Senar-ES oferece capacitação gratuita aos produtores por meio dos Sindicatos Rurais e também emite certificado. Basta procurar o Sindicato mais próximo e verificar detalhes sobre turmas e outros”, finalizou Júlio Rocha.

Conheça os treinamentos do Senar-ES: https://senar-es.org.br/treinamentos/formacao-profissional  

Fonte: Iá! Comunicação/Comunicação FAES