CNA promove rodada de reuniões regionais sobre segurança no campo
Seguranca rural patrulhamento

Instituto CNA iniciou encontros com federações da região Sul, na quinta (28)

28 de julho 2022
Por Instituto CNA

Brasília (28/07/2022) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promove, a partir dessa quinta (28), uma série de reuniões com as Federações de Agricultura e Pecuária das cinco regiões do País para debater a segurança no campo.

O consultor da CNA, Carlos Marsíglia, afirmou que o Sistema CNA está desenvolvendo várias iniciativas para contribuir com a segurança no campo, como a articulação e fomento da política de segurança rural com as Polícias Civis e Militares e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Carlos Marsíglia, consultor da CNA

Para inibir crimes no campo, o Sistema CNA/Senar também está trabalhando na consolidação de boas práticas de segurança, em formato de cartilha, além de um curso voltado aos produtores, trabalhadores rurais e agentes de polícia.

Na rodada de reuniões, que se iniciou pela região Sul, o coordenador administrativo do Instituto CNA, Carlos Frederico Ribeiro, apresentou o Sistema de Registro de Máquinas Agrícolas (ID Agro Máquinas), desenvolvido pelo ICNA em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

“Queremos ter apoio das Federações para difundir o IDAgro pelo País inteiro porque ele pode se tornar um benefício para os produtores, resolvendo uma dor de cabeça com a falta de documentação do trator quando transita em via pública. O registro é gratuito e não há IPVA, emplacamento ou licenciamento anual. Além disso, para a segurança o IDAgro Máquinas será muito importante pois há integração com os sistemas policiais”, disse Ribeiro.

A ferramenta atende a Lei n.º 13.154 de 2015 que alterou o Código de Trânsito Brasileiro, afastando a responsabilidade do registro de tratores do Departamento de Trânsito (Detran) e repassando as atribuições ao Mapa.

Carlos Frederico Ribeiro, do ICNA, apresenta o Idagro às Federações de Agricultura e Pecuária.

Em março o Governo Federal publicou o decreto n.º 11.014/2022 que regulamenta o Sistema IDAgro Máquinas e o documento Registro Nacional de Máquina Agrícola (Renagro), que passará a ser exigido a partir de 30 de setembro deste ano nas vias públicas e rodovias do País inteiro.

"O Renagro é obrigatório para máquinas que possam e irão transitar em via pública, mas é opcional para as demais máquinas agrícolas. O documento é apenas um dos requisitos. Também é necessário que o equipamento tenha as dimensões adequadas e os itens obrigatórios de segurança", ressaltou o coordenador administrativo do ICNA.

O IDAgro está disponível para aplicativos Android e, em breve, para iOS, onde o produtor tem acesso à ficha da máquina, ao documento Renagro, ao QR Code que direciona para a ficha da máquina na web, mensagens e comunicação de sinistro. Para realizar o registro da máquina, o produtor deverá entrar em contato com a concessionária do trator mais próxima da sua residência. Para saber mais acesse: https://www.idagro.com.br/ .

Os vice-presidentes das Federações de Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc), Enori Barbieri, e do Rio Grande do Sul (Farsul), Paulo Ricardo Dias, e os assessores técnicos da Federação de Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Klauss Kuhnen e Edivânia Picolo, participaram da reunião.

Todos falaram das ações de segurança realizadas nos estados que contam com a parceria das Polícias Militar e Civil, além de sindicatos rurais, cooperativas e prefeituras.

A reunião com as regiões Centro-Oeste, Sudeste, Norte e Nordeste acontecerão de 29 de julho a 3 de agosto de forma virtual.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte