Mato Grosso

Assistência técnica contribui para o desenvolvimento do produtor rural, diz presidente de Sindicato
07 06 jul sao jose do rio claro corte 14

O presidente do Sindicato Rural de São José do Rio Claro, Aparecido Rodrigues, avaliou a contribuição da assistência técnica para o produtor rural

6 de julho 2022
Por Senar

Com quatro grupos de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) já implantado, mais dois em implantação e, pelo menos, mais em fase de sensibilização. Esta é a realidade do município de São José do Rio Claro. Diante deste panorama, o presidente do Sindicato Rural de São José do Rio Claro, Aparecido Rodrigues destaca que a assistência técnica e gerencial é a melhor forma de contribuir para o desenvolvimento do produtor rural.

Com um sorriso largo no rosto, Seo Aparecido, como é conhecido, conta que quando começou a ouvir falar de ATeG, achou que era loucura e um desperdício de dinheiro.  “Mas depois de entender como funciona vi que é a melhor coisa que o Senar-MT trouxe para os produtores. Ter um técnico por dois anos orientando e ajudando o produtor é muito bom. O produtor aprende na prática e com acompanhamento e orientação”.

0

Com economia bem diversificada, o município de São José do Rio Claro tem cerca de 25 mil habitantes. A sojicultora é a cadeia produtiva dominante na região. Nos últimos anos, chegou a pecuária e começaram a ser desenvolvidas outras cadeias como a fruticultura, horticultura e piscicultura. E em função disso, a solicitação de cursos para capacitar e qualificar profissionais para atuarem nesta área aumentou.

De acordo com o presidente são 120 associados. Segundo ele, no primeiro semestre, o Sindicato Rural realizou em parceria com o Senar-MT em média de 73 cursos. “Já para o segundo semestre tem pelo menos 20 treinamentos programados. Este ano estamos tendo muitas demandas extras. Esta parceria com o Senar-MT também garantiu a realização de um Mutirão Rural e do Cine Senar”.

Entusiasmado, o presidente conta que já são dois grupos de criadores de gado de corte assistidos pela ATeG do Senar-MT, mais um de mandiocultura e outro de fruticultura atendidos. “Agora vamos montar um grupo de horticultura e outro de piscicultura. A maior parte são pequenos produtores. E é importante diversificar as atividades dentro da propriedade para garantir a renda”.

Para seo Aparecido, os cursos são importantes para capacitar e qualificar. “Mas perdemos o contato com quem faz os treinamentos. Já na assistência técnica o conhecimento é retido pelo produtor e depois repassado para toda a família. A ATeG também garante uma melhoria na gestão das propriedades”, enfatiza.

0

DIA DE CAMPO DA ATeG –  Com cerca de 40 pessoas, foi realizado o dia de Campo, da ATeG, na Fazenda Bonanza, propriedade de Wlademir de Oliveira Moro, conhecido como Wardão. “A iniciativa da realização dos dias de campo é muito boa. Receber o pessoal é uma grande honra para nossa família”, destaca Wardão.

O dia de campo teve três estações. Em uma delas, o assunto foi primeiros socorros, em outra foi manejo de tropa e a terceira de nutrição animal.

Conhecimento e troca de informações. É isso que atrai o produtor rural. “Quando eu cheguei aqui não sabia nada de pecuária. Aprendi muito com o Senar-MT. Receber o Dia de Campo da ATeG é uma honra para mim”, destaca Wardão.

OPORTUNIDADES – Nesta segunda-feira (11.07), terão início os cursos de  manutenção de tratores, operador de pá carregadeira e defumados de carne de frango. Ainda há vagas e os interessados podem procurar o Sindicato Rural de São José do Rio Claro até às 7 horas da manhã da próxima segunda-feira para fazer a inscrição. Mais informações  pelo whattsap (66) 99919-3230 ou  (65) 3386-2183.

Selo