Logo CNA

Mato Grosso

Programa Mutirão Rural de setembro beneficia mais de 1.200 pessoas
Caminhao do Mutirao rural

Para este mês, outras três cidades receberão o programa

5 de outubro 2023

Por: Comunicação/ Senar-MT

Fonte: Comunicação/ Senar-MT

Após passar por cinco comunidades no mês de setembro, o Programa Mutirão Rural beneficiou mais de 1.200 pessoas. A iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), Sindicatos Rurais e parceiros ofertou serviços de saúde e cidadania gratuitamente à população e totalizou dez mil atendimentos somente neste mês.

Mutirão Rural em Brasnorte

Em Brasnorte, o Programa atendeu mais de 400 indígenas na Aldeia Primavera, da etnia Rikbaktsá. Marciane Dawau conseguiu emitir o CPF e o RG das filhas. “Fui muito bem atendida, gostei muito do trabalho de vocês e espero que voltem mais vezes porque estamos precisando”.

Mutirão Rural em Nova Ubiratã

Em Nova Ubiratã, o programa foi realizado na comunidade de Piratininga. O presidente do Sindicato Rural, Melquíades de Bastiani, presente no evento, teve motivos de sobra para agradecer. “Agradeço a todos que colaboraram para esse mutirão. Tivemos médicos, dentistas e vários outros serviços”, destacou.

Sr. José Nunes chegou ao evento com problemas no joelho e saiu bem melhor. “Cheguei com uma dor no meu joelho e depois que a moça tratou ficou bom. Fui bem atendido e espero que retornem sempre ”, afirmou. Na Comunidade Caná, em Carlinda, Sr. Jorge Xavier agradeceu a oportunidade de participar. “Agradeço ao Senar-MT e à Prefeitura porque foi uma grande.oportunidade”, afirma.

Mutirão Rural em Matupá

Em Matupá, o evento foi realizado na Comunidade Santo Antônio. Para o mobilizador do Sindicato Rural, Alexsandro Silvério, a ação foi uma união de forças. “Foi uma ação especial para a nossa população, com o apoio de várias parcerias”.

Em Peixoto de Azevedo, foram enfrentados 217 km de distância, sendo mais de 100 km de estrada de chão para chegar à Fazenda Jarinã, onde ocorreu o Mutirão Rural de Peixoto de Azevedo. O proprietário e produtor rural Gustavo Medina se sentiu satisfeito por ver os recursos do produtor rural sendo destinados para quem precisa. “O programa atendeu funcionários e familiares tanto da nossa fazenda quanto de propriedades vizinhas, isso demonstra que o recurso está sendo bem alocado e beneficiando toda a região”.

Mutirão Rural em Carlinda

De acordo com o supervisor do Senar-MT na Regional Alta Floresta, Luiz Cantão, essa é uma forma de devolver os recursos dos produtores rurais. “Agradecemos a todos os parceiros e esperamos que em 2024 estejamos ainda mais fortes e consigamos devolver à comunidade, o recurso do produtor”.

Histórico – O programa surgiu há 25 anos pela necessidade de regularizar a documentação de moradores da zona rural. “Ao longo dos anos, foram firmadas novas parcerias para atender as demais necessidades da população rural do estado, sem que ela precisasse se deslocar aos grandes centros”, afirmou a supervisora do Mutirão Rural, Rafaeli Leite.

Mutirão Rural em Peixoto de Azevedo

Em 2023, o Programa já realizou mais de 40 mil atendimentos e beneficiou cerca de sete mil moradores de comunidades rurais de Mato Grosso. “Unimos forças com o poder municipal, parceiros e Sindicato Rural local para atender as pessoas da melhor forma possível, levando a resolução de problemas para a população rural”, destacou Rafaeli.

As ações são realizadas por meio da parceria do Senar-MT com Sindicatos Rurais, Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Defensoria Pública, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Federação dos Trabalhadores na Agricultura em Mato Grosso (Fetagri), Sicredi e Prefeitura Municipal.

Programação – A última rota de 2023 acontecerá entre os dias 18 e 23 de outubro e beneficiará moradores de Dom Aquino, Poxoréu e Ribeirãozinho.