ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso

Parceria garante incremento na cadeia produtiva da apicultura
08062021030530

Cerca de 15 Índios Xavantes participaram de treinamento na área e, por meio de parceria, ganharam 90 caixas de mel.

8 de junho 2021
Por Senar

A união do Governo de Mato Grosso, Sindicato Rural de Primavera do Leste e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) garante treinamentos para capacitar os índios Xavantes da terra indígena Grande Sangradouro. Eles estão investindo na cadeia produtiva da apicultura. De acordo com a mobilizadora do Sindicato Rural de Primavera do Leste, Cassia Isabela de Oliveira Souza, o conteúdo disponibilizado aos 15 participantes será repassado aos demais integrantes da comunidade indígena.

A mobilizadora conta que está parceria entre Senar-MT, Sindicato Rural e os indígenas existe há três anos e é intermediada pela Cooperativa Rural de Primavera do Leste.  "Percebemos a necessidade de capacitação para os indígenas. Buscamos os treinamentos e as aulas práticas foram feitas com as 90 caixas de mel doadas pelo Governo do Estado, por meio do projeto Programa MT Produtivo - Apicultura".

Cassia acrescenta que o Senar-MT tem a projeção de realizar outros cursos de capacitação junto à comunidade indígena. "Um deles será o de mecanização agrícola".

O cacique Bartolomeu Patira, da comunidade da Aldeia Sangradouro, elogiou o incentivo que os indígenas têm recebido para desenvolver a apicultura na região. "Não podemos ficar parados no tempo. Temos área suficiente e o mais importante: interesse em produzir mel e, portanto, é de muita valia esse apoio que temos recebido", complementa o líder.

Programa MT Produtivo-Apicultura

O Governo de Mato Grosso, por intermédio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), e da Superintendência de Assuntos Indígenas, ligada a Casa Civil, entregou 90 caixas de mel aos índios Xavantes da terra indígena Grande Sangradouro, em Primavera do Leste. A entrega, realizada no fim de maio visa incluir a comunidade indígena na ação governamental de fortalecimento da apicultura. A ideia é aumentar nos próximos anos a produção de mel, passando dos atuais 471 toneladas de mel/ano para 651 t/a.

Esta ação integra o programa MT Produtivo - Apicultura, que prevê a disponibilização de 6 mil caixas de mel para agricultores familiares e também indígenas de todas as regiões do Estado até o final de 2021.

Além da comunidade indígena, produtores familiares que já atuam na atividade apícola, porém com baixa produção ou para consumo próprio, também estão sendo beneficiados com a doação de caixas de mel.  No total 714 caixas de mel já foram entregues nas cidades de Cuiabá, Confresa, Nortelândia, Porto Esperidião, Canarana, Vera, Querência, Primavera do Leste e Barão de Melgaço.

O superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, popularmente conhecido como Chico da Paulicéia destaca que a instituição contribuirá com este projeto capacitando os interessados em desenvolver a atividade. "Já temos sete cursos programados para os próximos três meses". Estes treinamentos acontecerão nos municípios de Novo Horizonte, Paranatinga, Portal do Araguaia, São José dos Quatro Marcos, Rondonópolis, Poconé e Nova Mutum.

Os interessados nos treinamentos ofertados pelos Sindicatos Rurais e Senar-MT devem procurar o sindicato de seu município para ver se há turmas previstas e se há vagas.