ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso do Sul

MS encerra ciclo 2020/2021 de soja com aumento de volume de 18% e produtividade com alta de 13%
SOJA WEB

Recorde da Safra

28 de abril 2021
Por CNA

A produção de soja em Mato Grosso do Sul bate mais uma vez o próprio recorde. O volume final alcançou 13,3 mil toneladas, 18% maior que na última temporada. A produtividade média ponderada da oleaginosa foi de 62,8 sacas por hectare, 13% superior frente ao ciclo 2019/2020. Divulgados nesta terça-feira (27), os dados fazem parte do levantamento da equipe técnica do Projeto SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), desenvolvido em parceria entre Sistema Famasul, Aprosoja/MS e Governo de MS.

A área total de soja no estado alcançou a marca de 3,5 hectares, aumento de 4% comparado à última safra. O desempenho elevado de municípios como Maracaju, Sidrolândia, Ponta Porã, Dourados e Rio Brilhante, na região sul, que representa mais de 60 % da área plantada no estado, fez com que a produtividade alavancasse nessa temporada.

“A consolidação favorável do encerramento da safra de soja no estado é reflexo de uma semeadura dentro do período considerado ideal e, principalmente, do empenho e sustentação por parte dos produtores que, na tomada de decisão, souberam lidar com os desafios agrícolas nesta temporada, fruto de tecnificação e gestão de negócio”, destaca o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito.

No ranking nacional, o Mato Grosso do Sul está no 5º lugar em área e produção, com um “grande horizonte de expansão para os próximos anos”, complementa.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque