Mato Grosso do Sul

Encontro Nacional do Agro reúne 3,5 mil produtores rurais para debater o futuro do setor
Adriano Brito CNA 1

Encontro Nacional do Agro reúne 3,5 mil produtores rurais para debater o futuro do setor

11 de agosto 2022
Por Senar
Por CNA

Por: Leandro Abreu

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul

Organizada pelo Sistema Famasul, caravana de MS teve mais de 100 produtores e lideranças do agro.

Realizado pela CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), nesta quarta-feira (10), em Brasília, o Encontro Nacional do Agro 2022 reuniu mais de 3,5 mil pessoas de todo o Brasil para debater o futuro do setor. O Sistema Famasul organizou uma caravana com cerca de 100 produtores rurais, presidentes de sindicatos e lideranças para representar Mato Grosso do Sul.

“Fomos convidados pela CNA a participar desse importante evento e apresentarmos aos futuros governantes propostas pelo avanço do agronegócio. Tivemos a oportunidade de conhecer pessoas de todo o país para uma troca de experiências e ter acesso a toda representatividade junto ao presidente da República, à deputada federal Tereza Cristina, e tantos outros nomes fundamentais para a sustentabilidade da nossa agropecuária”, ressaltou o presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni.

O Enagro 2022 aconteceu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Além do presidente Jair Bolsonaro e Tereza Cristina, participaram da abertura oficial o presidente da CNA, João Martins, e os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, e do Meio Ambiente, Joaquim Leite.

Caravana web

Proposta aos governantes - A CNA apresentou uma versão preliminar do documento “O que esperamos dos próximos governantes”, que reunirá contribuições do setor agropecuário aos candidatos à Presidência da República e aos parlamentares.

Apresentado pelo diretor técnico da CNA, Bruno Lucchi, o documento traz, além de demandas específicas do agro, contribuições para temas como reformas tributária, administrativa e política; educação, formação e emprego; saúde e segurança; segurança alimentar; e meio ambiente (fontes de energia limpa e mercado de carbono).

Conhecimento e atualizações - A extensa programação do encontro durante o dia teve debates, painéis e palestras técnicas.

Os ministros Joaquim Leite e Marcos Montes falaram sobre a relação entre produção de alimentos e preservação ambiental durante o painel “Segurança Alimentar e Meio Ambiente”, com moderação do jornalista Alexandre Garcia.

No painel “Cenários econômicos e seus reflexos no agro” foram analisadas a geopolítica, pandemia, e um novo desenho de globalização pelo sócio consultor da MB-Agro, Alexandre Mendonça de Barros, e o ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, coordenador do Centro de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Adriano Brito CNA 2 web


O cenário político e a agenda legislativa foram temas de outro debate realizado com a participação do presidente do Instituto CNA, Roberto Brant, e o chefe da Assessoria de Relações Institucionais da CNA, Nilson Leitão.

O ciclo de palestras do Encontro Nacional do Agro finalizou com um debate sobre a importância das redes sociais e da comunicação emocional no setor agropecuário. Os convidados do painel foram a produtora rural e influencer digital, Camila Telles, e o consultor da CNA, Paulo Crepaldi.

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Leandro Abreu