CNA e Mapa discutem ações sustentáveis para a cadeia de grãos
Whats App Image 2022 08 09 at 17 55 58

Tema foi tratado em reunião nesta semana

12 de agosto 2022
Por CNA

Brasília (12/08/2022) – O presidente da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, Ricardo Arioli, e o assessor técnico, Tiago Pereira, participaram, na terça (9), de reunião no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para discutir o Plano ABC+ e o Programa Nacional de Descarbonização de Cadeias Agropecuárias.

A coordenadora-geral de Mudanças Climáticas, Florestas Plantadas e Agropecuária Conservacionista do Mapa, Soraya Carvalho Barrios de Araújo, apresentou a segunda fase do Plano ABC, chamado de ABC+, que tem como novidade a introdução de novas tecnologias, como os sistemas de irrigação e bioinsumos.

Segundo ela, o modelo de governança que está sendo desenhado contará com planos de ação estaduais, observando as peculiaridades de cada região do país e um sistema nacional de gestão dos dados gerados. “É importante que as informações, tecnologias e capacitações sobre agricultura de baixo carbono cheguem na ponta, e para isso a parceria com a CNA/Senar é muito importante para nós”.

Soraya também relembrou parcerias de sucesso do Mapa com o Sistema CNA/Senar, como o Projeto Vertentes e o Projeto Paisagens Rurais.

Marcella Alves Teixeira, coordenadora-geral de Produção Animal do Mapa, falou sobre o Programa Nacional de Descarbonização de Cadeias Agropecuárias, programa voluntário para que os produtores sejam reconhecidos pelas boas práticas que implementam há anos.

O Programa é baseado em três eixos (mitigação, sequestro e captura de carbono), definindo as diretrizes mínimas para certificação. Desta forma, a geração de créditos de carbono atenderá as premissas básicas.

Marcella comenta que o Programa está sendo desenhado com embasamento científico para que o produtor possa se beneficiar através do fortalecimento da imagem e agregação de valor, bem como na geração de outros ativos e renda.

Para o presidente da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, Ricardo Arioli, os produtores têm pressa em ver os resultados que este novo mercado pode gerar.

“Estimular a adoção de boas práticas é fundamental e o Sistema CNA/Senar terá papel importante para promover os princípios de melhoria contínua das propriedades rurais. Temos que inserir o produtor rural na liderança e no desenvolvimento desses projetos”.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte