Campo Futuro levanta custos de produção de nove atividades produtivas em cinco estados
46563853755 53dc8ab1f5 c 210723 225247

Painéis aconteceram no Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Rondônia

23 de julho 2021
Por CNA

Brasília (23/07/2021) – O Projeto Campo Futuro levantou nesta semana os custos de produção de grãos, algodão, cana-de-açúcar, café, laranja, pecuária de leite, suinocultura, avicultura de corte e aquicultura.

Os painéis aconteceram em 15 municípios de cinco estados: Cascavel, Londrina, Palotina e Cianorte, no Paraná; Paranapanema, Penápolis e Mogi-Mirim, em São Paulo (SP); Monte Carmelo, Teófilo Otoni, Pompéu e Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais; Seara, Chapecó e Itaiópolis, em Santa Catarina; e Cacoal, em Rondônia.

Os levantamentos foram feitos pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), Centro de Inteligência de Mercados da Universidade Federal de Lavras (CIM/UFLA), Labor Rural (Universidade Federal de Viçosa - UFV) e Pecege (Esalq/USP).

A iniciativa analisa as informações obtidas a partir da realidade produtiva apresentada pelos produtores. Participam dos encontros virtuais (medida de segurança para evitar o contágio do coronavírus) representantes das federações estaduais de agricultura e pecuária, sindicatos rurais dos municípios e produtores rurais. Os dados obtidos são preliminares.

"Em 2021 estão previstos para serem realizados 143 painéis de custos de produção, espalhados entre 19 estados. Mesmo com o desafio do modelo online, o auxílio das federações e sindicatos parceiros tem sido fundamental para que nessa semana concluíssemos metade dos eventos planejados", disse o assessor técnico da CNA, Thiago Rodrigues.

Assessoria de Comunicação CNA