ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Piauí

Belém do Piauí tem a maior produção de mel no Projeto Agronordeste
Belem

O município foi apontado como o principal produtor do Projeto Agronordeste

19 de maio 2022
Por Senar

O Piauí foi destaque na produção de mel no projeto Agronordeste em 2021. O município de Belém do Piauí foi apontado como o principal município produtor, com 25 propriedades atendidas, que geraram mais de 661 mil reais de renda em 2021, pelo projeto na cadeia da Apicultura.

Nos dados gerais, o Piauí aparece em terceiro lugar no ranking da receita total dos produtores atendidos, com uma receita total de mais de R$ 2,2 milhões de reais, ficando atrás apenas do Ceará que ocupa o primeiro lugar e Bahia em segundo.

Irineu Antônio Dantas Leal é um produtor experiente na cadeia da apicultura e está sendo acompanhado pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar Piauí, através do Projeto Agronordeste, por meio do técnico de campo, Luiz José. Ele possui cerca de 1200 colméias e trabalha com apicultura fixa e migratória. Através do acompanhamento da ATeG, o produtor conseguiu consolidar o seu processo de gerenciamento da produção e a mensuração dos seus resultados, o que permitiu ter mais clareza sobre o seu negócio, resultando em tomadas de decisões mais assertivas e efetivas, e conquistando bons resultados na sua produção.

“Estou nessa atividade desde 2008, onde eu me orgulho por viver da apicultura. Hoje é a minha fonte de renda. Depois da chegada do técnico do Senar pelo Projeto Agronordeste, nós acompanhamos esses números, tenho a visita todos os meses e o acompanhamento, depois dele, o nosso manejo tem outra qualidade em comparação ao passado, nós só aprendemos com isso”, concluiu o produtor Irineu.

AGRONORDESTE

O projeto Agronordeste tem o objetivo de aumentar a produção e a renda dos produtores do nordeste e da região de Minas Gerais. Ele surgiu por meio de convênio entre o Senar e a ANATEL.

Em 2021 foram atendidos mais de 2.440 produtores em 136 municípios, fortalecendo a geração de emprego e renda da região. Foram produzidos, nos municípios atendidos pelo projeto, mais de 707 toneladas de mel. O Valor Bruto de Produção (VBP) foi de mais de 12 milhões de reais. As vendas de mel a granel (84%) e de mel envasado (14,2%) representaram, juntas, 98,2% do faturamento total.

No segmento da apicultura, várias ações são desenvolvidas por meio de um modelo de atendimento diferenciado e voltado ao aprimoramento da gestão para melhoria dos resultados produtivos e financeiros.