ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Piauí

SENAR e EMBRAPA oferece curso de capacitação para técnicos e instrutores com foco na identificação e manejo de pragas e doenças em hortaliças
EMBRAPA

11 de maio 2022
Por Senar

O SENAR Piauí em parceria com a Embrapa Meio Norte realizou uma capacitação para técnicos de campo e instrutores, com o tema: identificação e manejo de pragas e doenças em hortaliças, com o objetivo de levar aos produtores novas técnicas de controle, e assim, melhorar sua produção.

O curso aconteceu nos dias 26 de abril e 10 e 11 de maio, com aulas teóricas e práticas em campo e em laboratório a fim de aperfeiçoar o conhecimento.

Para o pesquisador da Embrapa, Cândido Athayde, a importância dessa capacitação é criar um canal auxiliar com os técnicos e instrutores de campo para que eles façam seu trabalho com mais segurança.

“Promover uma atualização tecnológica, no sentido de deixá-los mais capazes para o dia a dia da atividade deles em campo. Esse curso teve uma concepção teórica e prática, com a prática muito forte. Além disso, o objetivo é criar o contato entre os técnicos que estão no campo e o laboratório de doenças e pragas, pois muitas vezes estamos em campo, nos deparamos com situações que não sabemos o que fazer, e a partir desse canal, podemos auxiliar e dá suporte para que o técnico faça seu trabalho com mais segurança.”, disse o pesquisador.

A parceria entre o SENAR/PI e a Embrapa Meio Norte é de fundamental importância para aliar o conhecimento teórico com a prática, “pois é esse corpo técnico (agentes, técnicos de campo e instrutores) que leva esse conhecimento até a ponta, que são os produtores rurais”, explicou Hudson Marreiros, supervisor do Senar.

Os instrutores e técnicos de campo elogiaram bastante a capacitação e a parceria com a Embrapa Meio Norte, e destacaram a importância para a prática em laboratório: “Uma capacitação fundamental para se aperfeiçoar, principalmente a prática em laboratório, que nos permite ver com mais clareza as pragas e doenças, sendo mais fácil identificá-las”, elogiou o instrutor do Senar, Pedro Paulo Santos.

“A capacitação é importante para nós, pois estamos nos reciclando e adquirindo um maior conhecimento em relação à prática, o que faz com que a gente consiga passar para o horticultor de uma forma mais simples e fácil os principais problemas que ele tem hoje na sua horta, para que ele consiga aumentar a sua produtividade”, pontuou Claudyanne Costa, instrutora do Senar.