ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Minas Gerais

"Programa Campo Inteligente": SENAR MINAS desenvolve programa para alfabetização digital

24 de fevereiro 2021
Por Senar

O Sistema FAEMG/SENAR/INAES está trabalhando no desenvolvimento de um novo programa que contempla a formação de profissionais não apenas competentes tecnicamente, mas também com domínio tecnológico. As turmas iniciais estão previstas para este ano em Paracatu, em parceria com o Sicoob, e em Viçosa, no Tecnoparq, com UFV e Sindicato de Produtores Rurais de Viçosa.

“O programa surgiu da necessidade de atender às novas necessidades do mundo do trabalho, que demanda profissionais com conhecimento do mundo digital e competências socioemocionais. A cada dia mais, as ocupações serão automatizadas. Por isso, é relevante que os indivíduos se alfabetizem digitalmente, mas sem negligenciar o fator humano, que também será trabalhado no programa por meio das soft skills.”  – Mírian Rocha, gerente pedagógica do Sistema FAEMG/SENAR/INAES

A ideia do programa surgiu dos analistas técnicos do SENAR Cristiane Trigueiro, Luiz Felipe Xavier, Michelle Camila de Paula Ferreira e Marília Saraiva, e da gerente Mírian Rocha, com contribuições do gerente regional em Patos de Minas, Sérgio Coelho. O projeto está na fase de elaboração do conteúdo específico das áreas das tecnologias digitais.

Parceria

Em Viçosa, a promoção da turma-piloto foi assunto de reunião no TecnoParq. Participaram o superintendente do SENAR MINAS, Christiano Nascif, o gerente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Viçosa, Marcos Reis, a diretora executiva do TecnoParq da UFV, Adriana Ferreira, e as mobilizadoras do Sindicato de Produtores Rurais de Viçosa, Eliana Barbosa e Mirivone Silveira.

“Além do conhecimento para potencializar o agronegócio mineiro, levaremos tecnologia e inovação aos jovens que, em muitos casos, ficam à margem da atividade rural. Com novos conceitos e aplicações práticas para suas atividades cotidianas, eles poderão alavancar seus próprios negócios e, consequentemente, os da família.”  – Marcos Reis, gerente regional do Sistema