Programa Agrinho do SENAR/RS mobiliza mais de 400 mil alunos

<p>O conte&uacute;do educativo traz as aventuras do personagem Agrinho para a abordagem do tema central deste ano, a sa&uacute;de</p>

22 de setembro 2017
Por Senar

Mais de 3 mil escolas do interior gaúcho já estão a pleno vapor com as tarefas e atividades sugeridas pela coleção de revistas do Programa Agrinho 2017, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Rio Grande do Sul (SENAR/RS). O conteúdo educativo traz as aventuras do personagem Agrinho para a abordagem do tema central deste ano, a saúde.

São dois modelos de revistas, entregues a professores e alunos da educação infantil e do ensino fundamental da rede pública gaúcha. O material deve auxiliar no desenvolvimento das atividades a serem realizadas em sala de aula e estimular a participação das instituições no concurso do Programa.

A iniciativa, que está em sua 15ª edição, visa desenvolver ações entre alunos e professores a fim de a consciência cidadã e o acesso a informações sobre saúde e preservação ambiental. O programa também reconhece os melhores trabalhos desenvolvidos em sala de aula nas categorias desenho, texto e experiência pedagógica. No total, Agrinho 2017 conta com a participação de 3.024 escolas, engajando 25.105 turmas. Os alunos impactados pelo programa somam 417.170, além de 27.819 professores envolvidos.

Seguindo uma metodologia específica, os trabalhos desenvolvidos por professores e alunos em sala de aula serão avaliados por uma comissão julgadora. O grupo irá selecionar os melhores desenhos e textos em 11 diferentes categorias, além das três melhores experiências pedagógicas de cada uma das 10 regiões administrativas do SENAR/RS. Os escolhidos na fase regional serão agraciados com prêmios para as escolas e os educadores envolvidos. Eles irão participar ainda da fase estadual do projeto, que premiará os trabalhos selecionados em primeiro lugar de cada uma das onze categorias.

Desde a sua primeira edição, mais de 6 milhões de alunos já participaram do Agrinho. A ideia é que a iniciativa leve à melhoria da qualidade de vida através da educação.  Os trabalhos deverão ser enviados até o dia 16 de outubro de 2017, conforme o Regulamento, que também está disponível no site www.senar-rs.com.br .

Assessoria de Comunicação do SENAR/RS