ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Minas Gerais

Produtores colhem primeiros resultados com FIV
Produtores colhem primeiros resultados com FIV DESTAQUE

21 de agosto 2022
Por Senar

Por: SENAR MINAS

Produtores rurais de Campina Verde, assistidos pelo Projeto FIP Paisagens Rurais, estão colhendo os primeiros resultados do investimento que fizeram na fertilização in vitro (FIV). A indicação foi do técnico de campo Tarcísio Tomás Cabral de Sousa e o acesso ao procedimento foi possível graças à parceria do Sistema FAEMG com o Sebrae. Pelo programa Sebraetec, o produtor pagou apenas 20% do valor do investimento.

De acordo com o técnico de campo, o uso desta biotecnologia aumenta a produtividade do gado, podendo ser aplicada na pecuária de leite e de corte. “Esta parceria entre o Sistema FAEMG e o Sebrae vem auxiliando o produtor no melhoramento genético, contribuindo para o avanço da produção. Vale salientar que esta parceria contribui não só na genética, mas também financeiramente. De forma particular, o custo seria entre R$ 700 e R$ 900 por embrião, enquanto, pelo programa, eles pagaram R$ 121 por embrião no início. Hoje, o custo é de pouco mais de R$ 180”, explicou o técnico.

Produtores colhem primeiros resultados com FIV - SENAR MINAS

Produtores satisfeitos

Depois de 27 anos na atividade leiteira, o pecuarista Paulo Roberto de Souza investiu em FIV pela primeira vez e ficou satisfeito. Ele implantou apenas sete embriões e conseguiu quatro bezerras da raça Girolando, nascidas entre o final de junho e o início de julho. “O resultado foi muito bom. Na época, eu comecei com pouco para entender melhor como funciona e me surpreendi com mais de 50% de prenhez”, afirmou.

Com o resultado acima da média, o pecuarista já planeja ampliar o investimento. “Este ano quero fazer mais, vou implantar 30 embriões e ficarei na torcida para a porcentagem também surpreender. Nesta parceria, o desconto é muito bom, fica bem mais em conta”, completou.

Já o pecuarista de corte Adrião Rodrigues Lima Neto foi um dos primeiros produtores atendidos pelo FIP Paisagens Rurais a investir no melhoramento genético. Ele implantou 18 embriões de Nelore Puro de Origem e conseguiu quatro bezerros, nascidos em julho, dentro da margem esperada de 20% de resultado positivo. “Para mim, isso foi um ‘achado’, quando o técnico Tarcísio me falou, eu já quis participar. Se tivesse condições faria até mais, dentro deste custo baixo. Mesmo com apenas quatro prenhas confirmadas, valeu participar”, avaliou.

Os animais serão utilizados como reprodutores para o melhoramento genético e o pecuarista faz novos planos para a propriedade. “Vou esperar os animais crescerem e providenciarei para que sejam registrados. Se algum touro puder ser doador de sêmen, quero investir em venda de genética também”, completou.

O gerente regional do Sistema FAEMG em Uberaba, Caio Oliveira, destacou que a parceria com o Sebrae de FIV e IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) vem para complementar as ações do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), trabalhando o melhoramento da genética. “Esses produtores são exemplos de que as parcerias firmadas pelo Sistema FAEMG estão auxiliando no aperfeiçoamento do gado e, consequentemente, na melhoria da produtividade”, finalizou.

FIP Paisagens Rurais

O Projeto Gestão Integrada da Paisagem no Bioma Cerrado – FIP Paisagens Rurais é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal, através do Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, do MAPA, com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e do MCTIC, por meio do Inpe e da Embrapa.