ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Minas Gerais

Preocupada com incêndios em tempo seco, Grão Mogol (MG) capacita brigadistas com o SENAR

7 de agosto 2020
Por Senar

O tempo deve continuar seco no Norte de Minas até o mês de setembro, segundo previsões do Inmet. Situação que já contribui para vários problemas na região, como o aumento nos casos de incêndios. Para treinar trabalhadores rurais da empresa Rio Rancho em Grão Mogol, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e o Sistema FAEMG/SENAR/INAES realizaram um curso de Brigadista Orgânico de Combate a Incêndios Rurais.

Segundo o instrutor Orlando Corrêa,  apesar de todas as campanhas de conscientização, infelizmente, ainda é grande o número de incêndios florestais provocados. O curso de brigadista é previsto na legislação, através da NR-23 do Ministério do Trabalho e IT 12 do Corpo de Bombeiros. “A direção da empresa tem consciência da necessidade de treinar seus colaboradores para o combate e principalmente para a prevenção de incêndios. Com isso, ela consegue evitar prejuízos financeiros, trabalhos desnecessários, cansativos e a destruíção da fauna e flora, além de garantir a segurança de todos”, disse o instrutor.

No treinamento, os trabalhadores foram orientados sobre a prevenção e combate as queimadas, que costumam ser piores nesta época em que a vegetação está mais seca. De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram registrados entre janeiro e junho deste ano, 5.218 ocorrências de incêndios no estado. Só em junho foram 2.269 queimadas. De agosto a setembro é quando são registradas as maiores ocorrências de queimadas, quando o tempo fica mais seco com ventanias. Proteção para todos

Proteção para todos

Para Gilson Lopes Neves, líder da Brigada Florestal da empresa da Rio Rancho, o treinamento é muito importante, porque, através dele, todos adquirem e aperfeiçoam conhecimentos sobre a prevenção e combate a incêndios. “Assim estaremos preparados para ajudar a empresa e a nós próprios”.

Guilherme Henrique Souza Alves é técnico de segurança do trabalho. Segundo ele, a empresa investiu muito na brigada de incêndio, visando a segurança das florestas e seus funcionários. “O treinamento vem atender as exigências da legislação, conciliando a parte teórica e a parte prática, capacitando nossos colaboradores para aplicação nas atividades da brigada de incêndios. A empresa investe visando a preservação da floresta, meio ambiente e, principalmente, a segurança de todos nós”, finalizou.