Santa Catarina

Oficina técnica do Senar/SC reúne produtores da ATeG Pecuária de Leite em Saltinho
CNA IMAGEM PRINCIPAL7

O evento ocorreu na Sede dos Funcionários Públicos no extremo oeste catarinense

12 de agosto 2022
Por Senar

Por: MB Comunicação

Fonte: MB Comunicação

Planejamento de lavoura, correção de solo, manejo em geral de lavoura, corretivo para ensilagem, processamento e armazenamento da silagem e avaliação de peneiras Penn State. Esses foram os destaques da programação da Oficina Técnica de Ensilagem promovida na última semana pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc), em parceria com o Sindicato Rural de Campo Erê. O evento ocorreu na Sede dos Funcionários Públicos (Assemusa), em Saltinho, no extremo oeste catarinense.

Participaram produtores da área de bovinocultura de leite e alguns produtores do segmento de pecuária de corte que integram a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Sistema Faesc/Senar-SC. A programação contou com a presença da presidente do Sindicato de Campo Erê Juliane Beltrame , do prefeito de Saltinho, Edimar Noronha de Freitas, e do vice Neimair Sosterdo, de representantes da Secretaria da Agricultura de São Bernardino, da supervisora regional do Senar/SC, Grasiane Viêra , e dos supervisores técnicos da ATeG Fernando Schneider e Leandro Simioni. Também participaram os técnicos de campo, Elisandra Salvatori, Fernanda Daneluz e Edenilson de Mello de Oliveira.

A iniciativa faz parte de uma série de oficinas técnicas da ATeG que vem sendo realizadas em todas as regiões do Estado com apoio dos Sindicatos Rurais. Além dos grupos de bovinocultura de leite ocorrem oficinas nas áreas de pecuária de corte, fruticultura, ovinocultura de corte, entre outras.

PROGRAMA ATEG

A Assistência Técnica e Gerencial visa promover ao produtor rural um modelo de adequação tecnológica associada à consultoria gerencial, que priorize a gestão da atividade de forma eficiente e, com isso, permita alcançar mudanças efetivas no ambiente das empresas rurais. As oficinas técnicas têm por objetivo trazer informações complementares e trocas de experiências com a finalidade de oferecer acesso a informações práticas e objetivas sobre cada área de atuação.

O presidente do Sistema Faesc/Senar-SC, José Zeferino Pedrozo , ressalta que desde que foi criado em 2016, o programa ATeG na área de pecuária de leite atendeu mais de 5200 produtores em 209 municípios catarinenses. Atualmente, a iniciativa contabiliza 72 grupos com 2.050 produtores no Estado. “A ATeG vem sendo essencial para fortalecer o empreendedorismo no campo, gerando mais produtividade e rentabilidade para as famílias”.

Para o superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi , os significativos resultados são realidade porque há um trabalho feito com comprometimento e dedicação por todas as equipes e parceiros envolvidos nos programa. “Cada vez que visitamos uma propriedade ficamos orgulhosos por ver de perto que o produtor realmente coloca em prática as técnicas de gestão, genética, manejo, entre outras melhorias oportunizadas pela ATeG”.

A coordenadora da ATeG SC Paula Coimbra Nunes observa que, com a ATeG, o produtor explora novas ferramentas que potencializam o crescimento de seus negócios. São dois anos de acompanhamento para aprimorar as técnicas e o gerenciamento, tornando a produção mais eficiente e lucrativa. As atividades são realizadas com grupos de 25 a 30 produtores organizados de acordo com a produtiva. Quem tiver interesse em participar pode entrar em contato com o Sindicato Rural de sua região.