ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Minas Gerais

Embrapa Milho e Sorgo - Presidente do Sistema FAEMG homenageado
Roberto Sim C3 B5es em comemora C3 A7 C3 A3o da Embrapa

Na comemoração, em Sete Lagoas, Roberto Simões destacou a importância da cooperação técnica

18 de fevereiro 2020
Por CNA

Na comemoração dos 44 anos da Embrapa Milho e Sorgo , em Sete Lagoas, o presidente do Sistema FAEMG, Roberto Simões, destacou a importância da cooperação técnica e da troca de experiências entre as instituições. A apresentação foi para dirigentes, pesquisadores, técnicos e colaboradores da Embrapa.

Ele também ressaltou o sucesso da assistência técnica e gerencial desenvolvida pelo Sistema FAEMG/SENAR , que está mudando vidas de pequenos e médios produtores. Falou sobre os projetos do Sistema FAEMG e enumerou desafios do agro mineiro, como as questões ambientais, a comunicação com os produtores do interior do estado e a transferência tecnológica para esse público.

Homenagem

Certificado 200217 142518

Também foram homenageados o engenheiro agrônomo e ex-ministro de Agricultura Alysson Paolinelli, que falou sobre o terceiro salto da agricultura, e a pesquisadora da Embrapa Milho e Sorgo, Christiane Paiva, que desenvolve estudo para a recuperação biológica do solo.

Comentários

Roberto Simões – presidente do Sistema FAEMG

“Sempre fomos parceiros da Embrapa. Para que o agro mineiro continue em desenvolvimento, temos que manter o diálogo e cruzar as nossas informações para uma construção conjunta, que é fundamental para os objetivos das nossas instituições. Precisamos promover transformações, especialmente para pequenos e médios produtores, que continuam à margem do desenvolvimento. Isto é o mais importante: ampliar nosso relacionamento para a transferência tecnológica por meio da assistência técnica.”

Frederico Dur C3 A3es Alysson Paolinelli e Roberto Sim C3 B5es

Na imagem: Frederico Durães, Alysson Paolinelli e Roberto Simões

Frederico Durães - Chefe-geral da Embrapa Milho e Sorgo

“A Embrapa está passando por um momento de compreender as grandes dinâmicas do mercado e as agendas globais. Nesse novo cenário, estamos analisando as perspectivas de novos desafios. Esta unidade, especialmente, quer também canalizar os esforços para conversar com o setor produtivo. Essa é uma troca de experiências que nos coloca em uma nova curva de aprendizagem. Nesse diálogo, é importante conversar com o Sistema FAEMG. O presidente Roberto Simões conhece os dados do agro de Minas Gerais e é experiente missionário e construtor desse progresso.”