ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Bahia

Depois do Pro-Senar Leite e a Assistência Técnica do Senar Bahia tudo mudou na vida de Geovane

28 de agosto 2020
Por Senar
GEOVANE FOTO1

 Com apenas um ano no Pro-Senar Leite e ainda faltando mais um ano para a conclusão do programa, os resultados são visíveis na propriedade de Geovane Silva de Aquino, produtor rural no município de São Gabriel, Povoado de Baraúna, Bahia. “Eu não tinha a menor ideia do que poderia melhorar na fazenda. Trabalhava o tempo todo como se estivesse apenas trocando dinheiro. Agora tenho 8 vacas em lactação e elas produzem mais de 120 litros de leite/dia. Já fabricamos queijo, requeijão e vendemos o leite para as cidades vizinhas. Sei controlar as despesas de entrada e saída e os lucros me deixam radiante”, disse Geovane com um grande sorriso no rosto.

Geovane tem 33 anos e é proprietário da Fazenda Horizonte. Ele viveu uma infância muito difícil na roça. Juvenal Dias de Araujo, seu pai, já trabalhava na área rural com muitas dificuldades para manter o sustento da família.

GEOVANE FOTO2

Os anos se passaram, mas a situação financeira não melhorava e eles viviam apenas das vendas com os abates das “crias” do gado. Por várias vezes pensaram em desistir do campo, mudar de profissão e ver outros meios de ganhar a vida, mas, a persistência falou mais alto e resolveram tentar mais uma vez com a criação de cinco vacas leiteiras. Porém, a produção diária de leite era bem abaixo do esperado com apenas 30 litros/dia. A família também tentou trabalhar com a atividade de irrigação, furando um poço na roça para começar com plantações de beterraba, cenoura e outras verduras. Mas, para Geovane, a união dessas duas atividades não surtiu efeito produtivo na propriedade, pois, a irrigação tomava um tempo muito grande de trabalho e as despesas só aumentavam.

GEOVANE FOTO3

Nessa época, a soja para a alimentação animal concentrada tinha que ser comprada, aumentando ainda mais as despesas da fazenda. Na propriedade não existia plantação de nenhuma variedade de capim, palma ou forragem para o gado.

Geovane hoje é casado e tem dois filhos. Ele continuou o trabalho na propriedade e ficou morando no Povoado de Baraúna. Seu foco sempre foi melhorar de vida e foi assim que ele tomou conhecimento do trabalho realizado pelo Senar Bahia, através do Sindicato dos Produtores Rurais de Irecê.

GEOVANE FOTO4

A realidade agora é outra, com a consultoria do Senar Bahia, através da prestação de serviço do Técnico de campo, Marcos Augusto. Existem hoje na propriedade de Geovane, 2 tarefas de terra com a plantação do cultivar capim-elefante BRS Capiaçu, com elevado potencial de produção e bom valor nutritivo para os animais; plantação de palma miúda e a reserva estratégica com a forragem animal já começou a ser feita e a ordenha mecânica está em fase de construção.  “Hoje temos animais de porte, saudáveis e produtivos, graças às orientações do Senar Bahia e sua assistência técnica, do plantio à colheita. Já produzimos a própria alimentação animal, sem precisar comprar nada fora da propriedade”, destacou Geovane.

GEOVANE FOTO5

O técnico do Senar Bahia, Marcos Augusto, fala com muita empolgação sobre os resultados positivos na fazenda de Geovane e sobre a sua facilidade no aprendizado. “Ele é um rapaz novo, focado e dedicado ao trabalho. Sua força de vontade em querer vencer e conseguir, são determinantes para o aprendizado. É um prazer poder trabalhar com pessoas com o perfil de Geovane. Ele nunca perdeu uma aula e consegue entender a metodologia da entidade em aprender a fazer fazendo, acreditando e executando as ações. Assim, os resultados vêm com toda a certeza”, garantiu.

GEOVANE FOTO6 ORDENHA

Geovane nos conta que o tempo todo fala com os seus amigos do orgulho que tem em poder trabalhar com o Senar Bahia: “falta mais um ano para completar o meu curso no Pro-Senar Leite, mas parece que já tem anos que conheço o programa e a entidade. Faço propaganda sim e digo com frequência aos meus amigos produtores para procurar o Senar e o Sindicato dos Produtores Rurais de Irecê, com o Presidente João Gonçalves. A minha vida só mudou porque eu mudei os meus pensamentos e as minhas atitudes. Com o conhecimento que adquiri, cresço a cada dia”. 

GEOVANE FOTO FINAL

A assistência técnica do Senar Bahia dura dois anos e, durante esse tempo, os produtores têm a chance de aumentar a produtividade e a rentabilidade em suas propriedades rurais por meio de técnicas como preparo adequado do solo; produção de alimentos para manejo nutricional dos rebanhos; controle sanitário e reprodutivo; e a implantação de novas tecnologias nas propriedades.