ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Paraná

Convênio do Programa Agrinho renovado por mais quatro anos
Agrimho convenio

Documento foi assinado pelo governador Carlos Massa Júnior, no palco da cerimônia de encerramento do Concurso 2019

23 de outubro 2019
Por Senar

Documento foi assinado pelo governador Carlos Massa Júnior, no palco da cerimônia de encerramento do Concurso 2019

O presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, e o governador do Paraná, Carlos Massa Júnior, assinaram o termo de cooperação técnica que renova o convênio para a realização do Agrinho por mais quatro anos. Em seu pronunciamento, Massa Júnior classificou o programa como “um patrimônio do Paraná”. A assinatura ocorreu durante a cerimônia de encerramento do Concurso Agrinho 2019, em pleno palco do Expotrade, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, no dia 21 de outubro.

“O Agrinho, hoje, não é só do Sistema FAEP/SENAR-PR. É um patrimônio educacional do Paraná, feito pelos nossos professores e professoras. Viva o Agrinho”, disse o governador.

O convênio prevê que o Sistema FAEP/SENAR-PR possa disponibilizar a metodologia do Agrinho às escolas estaduais e municipais, com ações que “propiciem o despertar da consciência da cidadania, o acesso a informações relativas à saúde e à preservação do meio ambiente com vistas à melhoria da qualidade de vida”. Segundo o termo de cooperação, o convênio vai abranger quatro Secretarias de Estado: Agricultura e Abastecimento (Seab), Educação e Esporte (Seed), Desenvolvimento Sustentável e Turismo (Sedest) e Justiça, Trabalho e Família (Sejuf).

O presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR destacou que, ao longo das últimas duas décadas, o Agrinho tem sido decisivo na construção de novas gerações, atendendo a todos os requisitos para as formações ambiental, social e ética. A cada ano, o programa abrange a mais de 800 mil alunos e de 50 mil educadores, em escolas públicas e privadas de todas as microrregiões do Paraná.

“O Programa Agrinho, digo isso sempre, é o nosso xodó porque envolve a educação de crianças e jovens e aborda temas como saúde, cidadania, meio ambiente, ética, entre outros e que, hoje, culmina nesta cerimônia de premiação”, disse Meneguette. “Ao longo de todos esses anos, muitos estudantes que participaram das formações do Agrinho se tornaram pessoas relevantes para a sociedade. Tenho orgulho do que o SENAR-PR vem fazendo em favor de nossa economia e da nossa sociedade e tenho mais orgulho ainda do que estamos fazendo pelos nossos jovens”, completou.

O secretário de Agricultura, Norberto Ortigara, também assinou o convênio que garante a continuidade do Agrinho como ferramenta fundamental para a sucessão no campo e para a formação de uma nova geração de empreendedores rurais. “Estamos cultivando o agricultor do futuro, aquele que será o sucessor do pai e da mãe na condução de um empreendimento muito importante para a família, que é fonte de renda e oportunidade, e também para a economia do Paraná e do Brasil”, salientou.