ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Bahia

Comissão Baiana da Cadeia Produtiva do Leite se reúne na sede do Sistema Faeb/Senar
Comiss C3 A3o1

24 de julho 2019
Por Senar

A Comissão Baiana da Cadeia Produtiva do Leite se reuniu na sede do Sistema Faeb/Senar nesta terça-feira (23), para dar continuidade às ações voltadas para o desenvolvimento do setor leiteiro no estado. Durante o encontro, alguns membros falaram sobre as atividades que estão sendo desenvolvidas nos oito municípios que fazem parte do Projeto Piloto de Ações Integradas. Também foi apresentada a proposta de planejamento estratégico, elaborada pelo Grupo de Trabalho e Planejamento para a Cadeia Produtiva do Leite.

O presidente do Sistema Faeb/Senar, Humberto Miranda, deu início a reunião agradecendo a presença dos membros da comissão e destacando o empenho de todos durante os encontros.

“Ficamos felizes de ver que a frequência dos membros é bastante significativa, isso dá muito credibilidade ao que tem sido feito pelas instituições que possuem assento na comissão. Nesse momento que o Brasil está vivendo, independente do posicionamento político-partidário, precisamos, cada vez mais, reforçar as instituições do país para que a sociedade possa ter direito de ser ouvida e participar das decisões e das políticas públicas”, disse o presidente.

Ele também deu destaque às atividades que vem sendo desenvolvidas pelo sistema e que visam oferecer aos pequenos produtores do estado, de forma gratuita, assistência técnica com profissionais qualificados.

“Estou bastante esperançoso com o trabalho que vem sendo realizado. Cada dia que passa, entendemos que na cadeia produtiva do leite é fundamental que o produtor tenha assistência técnica continuada e de qualidade, para ajudá-lo a desenvolver o sistema de produção, passando de um pequeno tirador de leite a um grande empreendedor”, completou Humberto.

Comiss C3 A3o3

Durante o encontro, o coordenador de programas do SENAR Bahia, Gabriel Menezes, falou sobre seis novas turmas que foram formadas para receber assistência técnica do Programa Pro-Senar Leite nos municípios de Ipirá, Santa Luz, Queimadas, São Domingos, Marcionílio Souza e Baixa Grande.

Em seguida, o professor Mauro Figueiredo, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), e consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apresentou a proposta do planejamento estratégico que tem como premissas assistência especializada, participação de parceiros comerciais, atuação independente de cooperativas e associações, entre outras.

Além dos representantes do Sistema Faeb/Senar, também estavam na reunião representantes do Sebrae; Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia (OCEB); Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB); Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri); Superintendência de Inclusão e Segurança Alimentar (SISA); Secretaria do Planejamento (Seplan); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); Associação dos Criadores de Gado do Oeste da Bahia (Acrioeste); Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR); Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do Leite do Estado da Bahia (Sindileite-BA); produtores de queijo artesanal; entre outros.