São Paulo

Agronegócio na rede: como vender pela internet
Julho 06 7 22 Vendas Online

SENAR-SP desenvolve curso para produtores rurais que desejam começar a vender on-line; marketing e uso de plataformas integram treinamento

6 de julho 2022
Por Senar

Em 2020, a pandemia de Covid-19 pegou de surpresa produtores que, de uma hora para outra, viram a logística tradicional de seus mercados ser paralisada. Se por um lado as medidas de restrição à circulação de pessoas baixaram temporariamente as portas de muitos comércios, por outro as vendas on-line dispararam, inaugurando uma tendência no varejo. Uma pesquisa da consultoria Ebit/Nielsen mostrou que as vendas on-line brasileiras cresceram 41% em 2020, conquistando 13 milhões de consumidores. Já um levantamento da empresa de monitoramento Neotrust revela que o segmento registrou faturamento recorde em 2021: R$ 161 bilhões, com 353 bilhões de entregas. A companhia acredita que, em 2022, a receita do comércio pela internet cresça 9%, atingindo R$ 174 bilhões.

Esse movimento também foi visto na agricultura, segundo a técnica da Formação Profissional do Sistema FAESP/SENAR-SP, Priscila Levorin. “Em 2020, com o momento de ‘novo normal’, ficou evidente a necessidade de aprendermos a fazer negócios de maneira virtual. Também foi exposta a dificuldade que muitos produtores rurais têm de lidar com novas tecnologias. Entendendo que o crescimento do comércio eletrônico será natural, devendo mais que dobrar nos próximos anos, precisamos nos preparar para esta demanda de novos compradores on-line”, afirma.

Pensando nisso, o SENAR-SP criou o curso “Vendas online: primeiros passos para o produtor rural”. O treinamento dos primeiros instrutores que irão conduzir o novo treinamento aconteceu em Campinas, no mês de maio. “Os vídeos foram muito elogiados pelos instrutores, pela didática apresentada, por agregar uma nova forma de apresentação da cartilha e das aulas e pela facilidade no ensino e aprendizagem”, conta a técnica.

Teoria e prática

O curso tem 16 horas, abrangendo desde conceitos gerais da venda on-line até assuntos mais específicos, como direito digital. O primeiro deles, “Conceitos sobre mídias digitais”, ensina tópicos de marketing digital como funil de vendas e jornada do consumidor. Em “Produtos e serviços para comercialização”, os produtores aprenderão a estruturar anúncios e precificar as vendas, e nos módulos “Começando a sua presença digital” e “O processo de vendas” serão ensinados os primeiros passos para estruturar lojas com a ajuda de plataformas como Instagram, Facebook, WhatsApp Business e YouTube. Em “Cuidados para vendas on-line” os alunos aprenderão temas como direitos autorais e de imagem, etiqueta para redes sociais, Lei Geral de Proteção de Dados e Código de Defesa do Consumidor.

“Ao longo do curso acontecerão diversos exercícios práticos, que também serão disponibilizados em formato de vídeo, para o participante poder acompanhar o passo a passo dos processos para implementação das ferramentas abordadas aqui. Desta forma, ele estará apto a inserir seu produto no mundo digital por meio do site do Google e das principais redes sociais”, resume Priscila.

Um curso para todos

A técnica da Formação Profissional afirma que o treinamento se destina a todos os produtores rurais que acreditam que a internet pode ser uma aliada nas vendas. “O conhecimento disponibilizado neste curso é essencial tanto para o produtor rural, que deseja entrar no meio digital, quanto para quem já está nele inserido, mas precisa verificar ou acompanhar se o seu posicionamento digital está correto, ou descobrir o que pode ser melhorado após implantar as técnicas apresentadas”, diz.

Ela também acredita que o treinamento irá atrair muitos alunos pelo Estado de São Paulo. “Esperamos que haja grande adesão a esse curso e, com isso, que novos temas nesse universo do marketing digital possam ser lançados. Esse curso, como o nome diz, indica os primeiros passos para o produtor rural, e expectativa é de dar seguimento ao tema”, indica.

Para maiores informações acesse o Portal FAESP/SENAR-SP