Rio Grande do Norte

SENAR/RN finaliza capacitações do Polo 1 do Projeto Velas ao Vento
Fe9d4d76 3bfe 435a 9f22 4ca9f0801c22

18 de agosto 2022
Por Senar

O Projeto Velas ao Vento tem como objetivo capacitar mais de 600 pescadores artesanais de 25 colônias de pescadores cadastradas no Rio Grande do Norte. Três cursos estão sendo ofertados pelo SENAR/RN: Utilização de equipamento de sistema de Posicionamento Global (GPS); Adequação e substituição das velas das embarcações; e Manutenção Preventiva de Motores de Rabeta. Nesta terça-feira (16) foi concluído o Polo 1 que capacitou 104 pescadores dos municípios de Grossos, Tibau, Areia Branca, Porto do Mangue além da praia de Ponta do Mel.

Ainda faltam três polos que contemplam os seguintes municípios que ainda serão beneficiados: Rio do Fogo, Touros, Extremoz, Ceará-Mirim, Maxaranguape, Macau, Pedra Grande, Caiçara do Norte, Galinhos, Guamaré, Nísia Floresta, Ares, Senador Georgino Avelino, Canguaretama.

“Estamos atuando na qualificação do pescador da pesca artesanal para o uso de equipamentos de georreferenciamento, no corte e costura das velas das embarcações artesanais e na manutenção preventiva de motores de rabeta para paquetes. Além disso, vamos também ajudar no aprimoramento da segurança dos pescadores da pesca artesanal, garantindo a segurança da embarcação durante a atividade”, destacou a gestora do projeto Larissa Mendonça.

A instrutora do primeiro polo, Luysa Nunes, destaca o envolvimento dos alunos/pescadores durante as aulas “Muitos pescadores nunca tiveram contato com o GPS, eles utilizavam outras ferramentas de marcação de pontos para a pesca, para alguns foi o primeiro contato com o GPS para navegação, como também não conheciam sobre a manutenção das velas, sempre pagavam para um pescador mais experiente fazer o serviço. Foi muito satisfatório no curso ver que eles conseguiram aprender e descobrir que eram capazes de fazer a vela, de cortar o pano”, disse.

Um dos alunos dos cursos foi Francisco Hélio – presidente da Colônia de Pescadores de Porto do Mangue – ele enfatizou a importância das capacitações ofertadas pelo SENAR/RN “Muito grato ao SENAR, com o curso ele vai aproveitar muito mais a pesca rotineira, pois, muitas vezes o pescador que está no mar precisa de um reparo no motor, se ele não souber reparar ele perde um dia de trabalho”, destacou.

Ao final do curso, o aluno recebe do SENAR/RN como forma de incentivo uma camisa de proteção UV, chapéu de proteção solar, vela de embarcação, GPS (sorteio) e os certificados de capacitação.

O Velas ao Vento é uma parceria do SENAR/RN, Governo do Estado por meio da Secretaria de Agricultura, Ministério da Agricultura e contou com recursos oriundos da emenda parlamentar do deputado estadual Souza Neto.