ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso

Feira apresenta o campo para população urbana e contribui com renda de pequenos produtores rurais
12 08 dez natural campo feira shopping estacao ultimo dia 21

Pesquisa realizada com produtores e consumidores apontou pontos positivos para ambos os públicos.

13 de dezembro 2021
Por Senar

A Feira Natural do Campo encerrou a edição 2021 nesta quarta-feira (08.12) e ao longo das sete semanas movimentou economicamente R$ 70 mil entre os produtos comercializados. Segundo pesquisa realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), 75,5% dos consumidores que passaram pelo evento não possuíam vínculo com o setor agropecuário.

O evento também foi uma oportunidade de apresentar os serviços ofertados pelo Senar-MT. Entre os entrevistados, 41% não tinham conhecimento sobre a oferta de treinamentos e programas da instituição. De acordo com o superintendente da instituição, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia, o evento proporcionou a aproximação entre o campo e a cidade. “Foi um evento em que a população urbana pode conhecer diretamente o produtor rural e aprender mais sobre o Senar-MT e os programas que a instituição oferece para quem já trabalha ou pretende trabalhar no campo”, afirmou Chico.

Para os produtores, a Natural do Campo representou uma oportunidade de valorização profissional: 96,8% acreditaram que a Feira valorizou a atividade como produtor rural e 96,4% possuem a intenção de participar de próximas feiras.

Segundo o coordenador da Assistência Técnica e Gerencial do Senar-MT, Armando Urenha, para o próximo ano há a possibilidade de expansão desse projeto. “Estamos analisando essas possibilidades de expandir, quem sabe, até para os municípios de origem desses produtores”.

Um dos objetivos iniciais era possibilitar a prática da comercialização entre os produtores rurais atendidos pela ATeG. Segundo o coordenador, a Feira agregou conhecimento aos atendidos. “Durante essas edições esforçamos para passar ao produtor rural como é a postura comercial, como melhor precificar o seu produto, a apresentar o produto de forma mais agradável, possibilitamos o contato com o consumidor e terminamos com um saldo positivo”.

Para o produtor rural Gerson Nunes, a experiência foi fundamental para o seu negócio. “Quando nós vendemos, nós somos o dono da mercadoria e do valor dela. E o Senar-MT nos deu essa oportunidade de trazer o produto e de vender diretamente ao consumidor”, avaliou.

O que mais agradou a produtora rural Rita de Cássia, do Distrito de Aguaçu, foi a oportunidade dela apresentar a variedade de produtos que cultiva. “Lá na roça a gente planta diversidade. A gente planta limão taiti, abobrinha e outras variedades. Posso trazer um pouquinho de cada coisa para o pessoal poder escolher”, afirma.

Natural do Campo –  A Feira foi uma realização do Senar-MT, Sindicatos Rurais e Shopping Estação Cuiabá. Participaram cerca de 30 produtores rurais de seis municípios mato-grossenses: Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Campo Verde, Tangará da Serra e Barão de Melgaço.