ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso do Sul

Empreendedorismo no campo: Confecção de artesanato pode gerar renda extra ou única
1 220404 202845

5 de abril 2022
Por Senar

O investimento para quem deseja começar gira em torno de R$ 334,00 para confecção de faixas pantaneiras.

Dentro do catálogo de cursos do Senar/MS é possível encontrar capacitações que podem auxiliar na renda extra ou oferecer alternativa para geração de receita mensal. São os cursos de Promoção Social em ‘Tecelagem Manual no Tear de Pente Liço’, e ‘Confecção de Faixas Pantaneiras’.

De acordo com a gerente educacional do Senar/MS, Luciana Baumhardt, para empreender é necessário ser resiliente, flexível, organizado, persuasivo e ter ambição. “Num primeiro momento é preciso saber se há oportunidade, se tem mercado para seu produto, segundo agregar valor, diferenciar, sobre um produto que já é conhecido e, terceiro, investir nas técnicas, se aperfeiçoar para produzir com qualidade e quantidade”, explica.

O investimento inicial para quem deseja começar na atividade de tecelagem manual no tear é de aproximadamente R$ 861,00. Com cerca de R$ 190,00 em matéria-prima é possível produzir 4 jogos de tapete para cozinha com valor individual de R$ 380,00 e 8 peças individuais com preço de R$ 120,00 para uma pessoa com experiência.

Já a produção de faixas pantaneiras conta com um investimento inicial aproximado em R$ 334,00. O custo da matéria-prima fica em torno de R$ 230,00 reais para 10 faixas. Em um mês é possível confeccionar entre 10 e 12 unidades da faixa cobrando até R$ 80,00.

As ferramentas para produção das mercadorias, além do tear, são: fita-métrica, tesoura, agulha, chaves de fenda ou similares, régua, além de outros materiais.