ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

São Paulo

De olho nas tendências do meio rural, SENAR-SP começa a desenvolver Curso de Artesanato com Fios Variados – Macramê

As possibilidades de geração de renda do Artesanato suscitam novas demandas institucionais

9 de março 2022
Por Senar

As técnicas artesanais na produção de peças feitas com matérias-primas e de utilidades variadas, possuem uma longa história que remonta há milênios. Nesse longo caminho repleto de riquezas culturais, surgiu a oportunidade de produtores, trabalhadores rurais e seus familiares aumentarem seus ganhos com produtos variados.

Com o desenvolvimento das atividades de artesanato, surgiram novas demandas vindas do público rural e, também, de participantes do Programa Bordando e Tecendo a Arte no Meio Rural: aprendizado da técnica de Macramê, pois essa técnica irá enriquecer as peças que aprenderam a confeccionar, aumentando seu valor. “É mais uma atividade para as pessoas conhecerem a questão da arte e a cultura por trás dessa técnica e obterem outras fontes de renda”, afirma Isabela Pennella, técnica da Divisão de Promoção Social.

Em vista disso, o SENAR-SP está desenvolvendo o Curso Artesanato com Nós de Fios Variados – Macramê, que consiste na tecelagem manual com uso de nós variados e franjas, produzindo de diversas formas que resultam em artefatos decorativos e utilitários.

“O curso leva o produtor a ter gosto pela técnica e desenvolver a arte. Diferentes pessoas descobrirão, com nós diferenciados, a se organizar antes de começar a tecer, aprendendo a ser, a conviver, a conhecer e a fazer”, ressalta Eva Chaves, propositora do projeto e psicopedagoga. “É a coisa mais gostosa para eles quando tem cursos que gostam.”

O objetivo desse novo curso é a confecção de peças decorativas e utilitárias (painel, suporte de plantas, entre outros) e de acessórios (cintos, pulseiras, colares etc.). Ainda, a produção pode ser vendida e gerar uma opção de renda, visto que peças em macramê têm alto valor no mercado.

“É uma excelente inciativa, pois acompanha as necessidades do público que, assim como o SENAR-SP, está antenado às tendências do mundo, além de capacitar milhares de pessoas no Estado de São Paulo”, declara Jamile Uebe, artista-plástica, instrutura do SENAR-SP e autora da cartilha.

Outras informações acesse o Portal FAESP/SENAR-SP