Logo CNA

Minas Gerais

Cursos de Saúde Bucal do SENAR retornam adaptados para atender os produtores com segurança na pandemia

9 de junho 2020
Por Senar

Por: SENAR MINAS

O Sistema Faemg / Senar Minas liberou a realização dos cursos de Saúde Bucal para adultos e crianças, que estavam suspensos por causa das restrições impostas pela pandemia do coronavírus. O retorno dos cursos é mais uma ação da entidade no combate à doença, exatamente porque a boca é uma grande porta de entrada para o vírus - daí a importância de sua correta higienização.

Arquivo SENAR MINAS Saúde Bucal
Instrutora com o macromodelo de saúde bucal

Apesar dos outros treinamentos do Senar já estarem sendo realizados aos poucos, conforme os municípios autorizam e obedecendo todas as normas de segurança contra o contágio pela Covid-19, os cursos de Saúde Bucal demandaram mais preparação, pois o risco de contágio poderia ser maior devido às atividades práticas. Para adaptar os cursos, a Coordenadoria de Promoção Social contou com o apoio dos instrutores que ministram os eventos de Saúde Bucal.

De acordo com a analista da Promoção Social do Senar Minas, Michelle Camila Ferreira, a principal adaptação foi com relação a higienização da boca, pois no período pré-pandemia esse conteúdo era realizado pelo participante na sua própria boca, de modo a eliminar a placa bacteriana evidenciada pelo instrutor, por meio da fucsina (líquido utilizado pelos dentistas para evidenciar a placa nos dentes).

“A partir de agora todos os passos da higienização serão realizados no macromodelo, ou seja, por meio do recurso instrucional, que permite a realização da escovação dos dentes, da língua e até o uso do fio dental. Esse material é ideal para treinamento de escovação dentária”, explica Michele.

Limpeza da boca e coronavírus

A dentista e instrutora Camila Pimenta, uma das profissionais que colaborou na adaptação dos cursos, explica que existem estudos que apontam que o coronavírus pode ficar por até dois dias na saburra lingual, o que torna a correta higienização da boca tão importante especialmente agora. “A higienização da boca reduz a carga viral, isto é, são capazes de remover bactérias e também o coronavírus. Com isso, as chances de o vírus chegar às células pulmonares são reduzidas”, acrescenta a também dentista e instrutora Janaína Viana.

“Insistimos no retorno do curso porque ele está diretamente ligado à prevenção e a população rural necessita muito disso. Alguns itens foram alterados pela pandemia, mas o foco continua sendo não deixar de levar informação para o produtor e sua família”, reforça Camila.