CNA promove debate sobre oportunidades do mercado de carbono
51981829926 6a4af7c203 c

Live reuniu representantes dos Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente

1 de junho 2022
Por CNA

Brasília (01/06/2022) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu, na quarta (1), a live “Mercado de Carbono: oportunidades para o agro”.

O encontro contou com a participação da diretora do Departamento de Produção Sustentável e Irrigação do Ministério da Agricultura, Fabiana Villa Alves, e do secretário adjunto de Clima e Relações Internacionais do Ministério do Meio Ambiente, Marcelo Donnini Freire. O moderador foi o coordenador de Sustentabilidade da CNA, Nelson Ananias.

Para Ananias, o mercado de carbono é uma grande oportunidade do setor agropecuário contribuir para o acordo de redução das emissões de gases de efeito estufa e diminuição da temperatura média do planeta – ambos definidos durante a durante a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-26) – além de representar uma forma de agregar valor e reforçar a sustentabilidade do agro brasileiro internacionalmente.

Segundo ele, o Brasil tem metas relevantes, como o combate e redução do desmatamento ilegal, neutralidade das emissões de gases de efeito estufa até 2050, recuperação de florestas e promoção de uma agricultura de baixa emissão de carbono, mas precisa definir as regras do mercado interno de carbono.

“Todas essas ações trazem um potencial muito grande de acesso do setor produtivo rural a um mercado de carbono como um grande provedor de soluções ambientais atrelado a um retorno econômico para a atividade”, afirmou ele.

Marcelo Freire destacou que, além de ser uma ferramenta de mitigação das mudanças climáticas, o mercado de carbono poderá trazer benefícios econômicos e sociais para o País. Ele acredita que o agro é um grande provedor de serviços ambientais e será decisivo para a descarbonização da economia, por ter um grande potencial como exportador de créditos de carbono.

Fabiana Alves ressaltou que o tema vem sendo trabalhado desde 2010 pelo Ministério da Agricultura e que o Plano Setorial de Adaptação e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária (ABC+) vem disseminando tecnologias que contribuem para a mitigação dos gases de efeito estufa. Ela reforçou as oportunidades geradas pela iniciativa, como maior eficiência produtiva e pagamentos por serviços ambientais, e anunciou que o próximo passo será o lançamento do Programa Nacional de Descarbonização de Cadeias Agropecuárias.

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-4135/1421/1447
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Áreas de atuação