Santa Catarina

Centro Estadual de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio é apresentado em Rio Negrinho

O evento foi organizado pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Rio Negrinho e contou com o apoio do Sindicato Rural de Campo Alegre.

18 de agosto 2022
Por CNA

Por: MB COMUNICAÇÃO

Fonte: MB COMUNICAÇÃO

As ações do Centro Estadual de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio da Polícia Civil (Caoagro/PCSC) foram apresentadas, na última semana, durante encontro com os produtores rurais, lideranças do agro, dos Poderes Executivos e Legislativos, representantes das Polícias Civil e Militar, entre outros convidados. O evento foi organizado pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Rio Negrinho e contou com o apoio do Sindicato Rural de Campo Alegre.

A programação iniciou com explanação do coordenador estadual do Caoagro da Polícia Civil, Delegado Fernando Callfass, que explicou como o sistema de repressão aos crimes contra o agronegócio vem atuando em Santa Catarina. Também orientou de que forma as ferramentas podem ser úteis a quem precisar do serviço e como ter acesso ao Centro de Apoio. Em seguida, o vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc), Enori Barbieri , conduziu palestra sobre o cenário atual do agronegócio catarinense.

O presidente do Sindicato Rural de Rio Negrinho, Marcio Mülbauer, avaliou o encontro de forma positiva e frisou que o Caoagro somará o trabalho já realizado pela Polícia Militar por meio da Rede de Segurança Rural. “Reunimos diversas lideranças tanto civis quanto militares para juntar esforços. Temos a iniciativa da Rede de Segurança da PM e agora com esse banco de dados da Polícia Civil, capitaneado pelo Caoagro, entendemos que teremos um sistema de segurança mais eficaz, pela ação posterior ao Boletim de Ocorrência, ou seja, pelo processo de investigação e elucidação de crimes. Com isso, será possível desarticular quadrilhas e identificar meliantes para levar segurança e paz no campo”.

Marcio também destacou o empenho do presidente do Sistema Faesc/Senar-SC, José Zeferino Pedrozo , do vice-presidente executivo da Faesc, Enori Barbieri , e demais membros da diretoria que não mediram esforços para levar esse programa para todos os cantos do Estado.

Na visão do presidente Pedrozo, o Caoagro representa uma grande conquista para o setor que há anos sofre com prejuízos causados por furtos e roubos nas propriedades rurais. “A boa notícia é que a iniciativa já está trazendo resultados e acreditamos que a partir de agora será possível combater os crimes que colocam em risco a segurança e a produtividade no campo”.

Também participaram do evento a supervisora regional do Senar/SC , Carine Weiss , o Delegado de Polícia da Comarca de Rio Negrinho Rubens Almeida Passos de Freitas , o presidente do Sindicato Rural de Rio Negrinho Marcio Mülbauer , o presidente do Sindicato Rural de Campo Alegre Marcio Tonini, o prefeito de Rio Negrinho Caio Treml , além de representantes da Polícia Militar, Cidasc, Epagri, entre outros.

COMO DENUNCIAR

O delegado Callfass explicou que para fazer uma denúncia basta acessar o aplicativo WhatsApp. O serviço funciona 24 horas por dia e é válido para todo o Estado.

A ferramenta representa mais uma importante forma de mobilização social no combate aos crimes contra o agronegócio. Por esse meio, mensagens com fotos, vídeos e documentos para auxiliar nas investigações podem ser enviadas para o número (49) 99173 8826.