ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso do Sul

Atividades de apoio à agricultura e pecuária registram 45,3% dos novos empregos do setor
EMPREGO AGRICULTURA web

6 de junho 2022
Por Senar
Senar/MS abre, nesta segunda-feira (6), inscrições para dois cursos técnicos presenciais voltados ao setor.


No primeiro trimestre de 2022, o saldo de vagas das atividades de apoio à agricultura e pecuária foi de 45,28% em Mato Grosso do Sul. Ao todo, o agro teve participação de 23,7% de novos empregos formais do estado, de acordo com informações levantadas pelo Departamento Técnico do Sistema Famasul com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Previdência.

O levantamento ainda aponta um crescimento de 12,66% de novos postos de trabalho em todos os setores do estado entre janeiro e março deste ano se comparado com o mesmo período de 2021. “Um ano depois da aplicação de medidas restritivas por causa da pandemia, que implicou em reorganização no processo produtivo, apenas o setor de agropecuária de Mato Grosso do Sul aumentou em 66,3% o número de vagas de emprego formal. O que demonstra a expansão do setor com investimentos que aumentam produção, geram receita e consequentemente promovem a abertura de vagas de emprego”, destaca a analista de economia do Sistema Famasul, Eliamar Oliveira.

No comparativo trimestral dos dois últimos anos, o setor que mais se destaca é a produção florestal com mais de 211% novas ocupações geradas, seguida pela produção de lavouras temporárias com 103% e as atividades de apoio à agricultura e à pecuária com aproximadamente 93,5% de vagas acrescentadas.

As principais funções com novas colocações são: trabalhadores extrativistas florestais, produção de madeira; trabalhador volante na agricultura; trabalhador na cana-de-açúcar; trabalhadores da mecanização agropecuária; trabalhadores de bens e serviços industriais; trabalhadores administrativos; e técnicos de nível médio.

Capacitação De acordo com o diretor do Centro de Excelência em Bovinocultura de Corte do Senar/MS, Francisco Paredes, a procura pelas capacitações voltadas à agropecuária tem aumentado devido ao crescimento de oportunidades no setor.

“Cada vez mais pessoas buscam se profissionalizar em alguma atividade relacionada ao agro, pois enxergam nesse segmento uma janela de possibilidades para ingressar no mercado de trabalho”, destaca.

Em 2022, houve um aumento na procura por capacitação à distância. A primeira turma do Curso Técnico em Zootecnia teve uma concorrência de 16 candidatos por vaga logo em seu primeiro edital. Já o Curso Técnico em Florestas teve concorrência de 6 candidatos por vaga.

Vagas Abertas – Nesta segunda-feira (06), o Senar/MS abre inscrições para 2 novos cursos técnicos presenciais. Acesse: senarms.org.br/processoseletivo

Para saber mais sobre os cursos à distância do Senar/MS acesse aqui .

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Vitor Ilis