ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Minas Gerais

Antes e depois: ATeG Café revoluciona propriedade em Baependi (MG)

11 de maio 2021
Por Senar

O pediatra Edson Libânio estava prestes a desistir da plantação de café em Baependi até que, em julho de 2019, surgiu a oportunidade de receber a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Sistema FAEMG/SENAR/INAES. Com o programa, a produção aumentou. “Eu e minha esposa, Maria Aparecida, conhecida como Picida, resolvemos plantar café em nossa propriedade de 110 hectares. Mas, sem termos conhecimento técnico, não deu certo. Em uma área de cinco hectares, colhíamos no máximo 60 sacas em um ano. Hoje, colhemos 90, 130 sacas, que são repassadas a uma cooperativa. Os resultados foram tão positivos que estamos ampliando a produção sem investir muito". Animado, ele ampliou a lavoura com o plantio de 9.000 plantas, alcançando sete hectares.

O técnico de campo Leandro de Freitas Santos explica que Edson já tinha testado várias técnicas em suas lavouras, mas sem sucesso. “Desde a chegada do ATeG, houve uma grande mudança na forma de conduzir a lavoura. Trabalhamos o cronograma técnico e de gestão da propriedade. Nos primeiros meses, identifiquei quais áreas precisavam ser renovadas com podas e quais tinham capacidade de produção. Com isso, estabelecemos um planejamento da propriedade para a safra 2019/2020”. A expectativa é que atinjam, em breve, a média de 150 sacas ao ano.