ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Bahia

Agro Fraterno na Bahia: 400 toneladas de alimentos começam a ser doadas

7 de julho 2021
Por CNA
O1

A cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, foi a primeira a receber as doações das cestas básicas do programa Agro Fraterno, uma iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (FAEB), o Senar e os Sindicatos dos Produtores Rurais da Bahia. São mais de 400 toneladas de alimentos que vão ajudar mais de 27 mil famílias da zona rural da Bahia já cadastradas em seus municípios.

O2

O presidente do Sistema Faeb/Senar, Humberto Miranda, reforçou, mais uma vez, a importância da iniciativa para ajudar as famílias baianas. “No campo, nós sabemos do tamanho da nossa responsabilidade, em produzir alimentos de qualidade e acessíveis. Fora da porteira, sabemos também da situação complicada que o nosso país enfrenta. Por isso essa iniciativa é ainda mais importante num momento como esse. Essas cestas - que com o apoio das prefeituras, por meio de suas secretarias de assistência social, vão chegar às pessoas que estão em situação de vulnerabilidade – vão ajudar quem precisa de verdade”.

O3

A região de Feira de Santana recebeu hoje pela manhã, 6.200 cestas para atender a cidade e os municípios vizinhos, totalizando 93 toneladas de alimentos. “Estas cestas serão muito importantes para que as pessoas possam se alimentar melhor. Agradecemos a João Martins, da CNA; Humberto Miranda, do Sistema Faeb/Senar, e a todo setor agropecuário, que nesse momento de fraternidade se unem para algo que é muito importante garantir comida para quem precisa. Essas cestas representam barriga cheia”, agradeceu o prefeito da cidade, Colbert Martins.

O4

A superintendente do Senar Bahia, Carine Magalhães, acrescentou ainda que “essa é mais uma ação que conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, que tem ao longo do ano outras iniciativas sociais para ajudar pessoas do campo, como o programa Saúde do Homem e da Mulher, que oferece, gratuitamente, atendimento e exames para a população da zona rural, e o Despertar, que atua com crianças das escolas públicas da Bahia”.

O5

Para o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Feira de Santana, Joelmo Figueiredo, a doação é um ato que mostra a força da união. “É uma emoção muito grande participar desse momento e poder ajudar tanta gente que está enfrentando dificuldades aqui em nossa Bahia. Sabemos que hoje, por causa da pandemia, tem muita gente sem conseguir garantir alimento na mesa, e é incrível poder dar a nossa contribuição, junto com o Sistema Faeb/Senar”.

O6

Algumas famílias cadastradas estiveram presentes para receber, simbolicamente, as primeiras cestas. “Essa doação chega numa hora boa. Nesse momento complicado que estamos vivendo, uma doação dessa fortalece muitas famílias que estão passando por necessidades”, pontuou Sueli de Jesus, moradora da região de Fazenda do Alto do Santo, uma das beneficiadas.

O7

Estiveram presentes o vice-presidente Administrativo Financeiro da FAEB, Guilherme Moura; o vice-presidente de Desenvolvimento Agropecuário da FAEB, Rui Dias; o vice-prefeito de Feira de Santana, Fernando de Fabinho; e o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Borges Júnior.

Cobertura da imprensa

O8

O Agro Fraterno foi destaque nos principais veículos do estado com reportagens e matérias ao vivo nos principais jornais da Bahia. O presidente do Sistema Faeb/Senar deu entrevista ao Jornal da Manhã e Bahia Meio Dia, da TV Globo/Bahia; ao Band Rural, da Band Bahia; além da cobertura e presença de jornais e rádios da região.

O9