ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

São Paulo

SENAR-SP promove oficina de Capacitação Pedagógica

O Programa de Alfabetização ressignifica a história dos educadores, além da vida dos educandos.

8 de junho 2022
Por Senar
Capacitacao Pedagogica BANNER

Realizada nos dias 4 e 5 de maio, a Capacitação Pedagógica para novos profissionais é uma das etapas do Programa de Alfabetização do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-SP). Os educadores participaram de 19 horas de atividades em formato híbrido, sendo três horas por web conferência e 16 horas presenciais. O objetivo da capacitação é subsidiar os novos profissionais sobre a metodologia adotada pela instituição, andragogia, processo de ensino e aprendizagem, especialmente a leitura, escrita, oralidade e matemática.

Os trabalhos foram abertos pela chefe da Promoção Social do SENAR-SP, Claudete Morandi Romano. Entusiasta, comunicativa e motivadora, ela enfatizou o compromisso ético, moral e profissional dos educadores, e sua missão de levar alegria para as salas de aulas, uma vez que esta transcende o aprender a ler e escrever, passa pelo poder de mudança dos alfabetizandos transformando sonhos em realidades.

O conteúdo programático foi ministrado pela técnica da Promoção Social do SENAR-SP, Celeide Scalhante Martim, que abordou os seguintes temas: conhecer da realidade dos educandos, suas histórias de vida, a importância de aprender a escrever o nome, elementos de cultura, universo vocabular, palavras geradoras, concepção de educação, planejamento das aulas, psicogênese da língua escrita, papel dos educadores, entre outros temas essenciais na prática pedagógica. As atividades de capacitação também contaram com a presença do professor Marcelo da Cruz Miranda, na disciplina de Matemática.

Vencendo desafios

Oriundos de diversos munícipios do Estado, os educadores participantes demonstram alguns receios e inseguranças em comum, quando questionados: o medo do desconhecido, sobretudo, da cidade de São Paulo; temor de estar inadequado com a vestimenta, de não dar conta dos conteúdos; e o medo de se exporem.

Todas essas apreensões foram superadas com as oficinas desenvolvidas durante o treinamento, que propuseram atividades como a sondagem para identificar seus conhecimentos sobre a leitura e escrita dos números, trabalhos com fichas numéricas, as quatro operações básicas com a utilização do ábaco e material dourado. “Ao final do treinamento, vencidos todo os obstáculos, eles retornaram para suas cidades levando na bagagem sabedoria, acolhimento, conhecimento, aprendizado, segurança, amizade, respeito, autonomia e capacidade”, declarou Celeide Martim.

“O adulto traz consigo a base não formal, sua experiência de vida, para a sala de aula, e cabe ao educador mediar os conteúdos de forma a ressignificá-los fazendo sentido para os educandos. É tido como certo que o papel do educador é fundamental nas salas de aula de alfabetização. Conhecer as histórias dos educandos, a procedência dos nomes, trabalho e família, estabelece vínculo para o aprendizado significativo”, avalia Claudete Romano.

Concluída essa etapa, o próximo desafio dos educadores capacitados pelo SENAR-SP é colocar em prática os conteúdos aprendidos, com vistas a alfabetizar, despertar uma nova relação com a vida, ressignificando seu papel na sociedade, ampliar o conhecimento global dos educandos e despertar para a educação ao longo da vida.

Áreas de atuação