ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

São Paulo

SENAR-SP lança novo programa voltado à responsabilidade social rural
Programa Responsabilidade Social banner

Sindicatos Rurais têm até o dia 18/11 para inserir o Programa no PAT, para 2023

17 de novembro 2022
Por Senar

Por: SENAR-SP

Fonte: Comunicação do Sistema FAESP/SENAR-SP

Com a proximidade do prazo de encerramento para solicitações de cursos e programas no PAT (Plano Anual de Trabalho) para o exercício de 2023, é importantíssimo que os Sindicatos Rurais coloquem em pauta o novo programa do SENAR-SP a ser implantado no ano que vem: Programa Responsabilidade Social Rural. Ele foi desenvolvido pela Divisão de Promoção Social do SENAR-SP para instruir os participantes (produtores rurais e empresas rurais) na elaboração de Projeto de Responsabilidade Social Rural para implantação em seu empreendimento e monitoramento dos resultados por meio de indicadores. Para realizar o Programa em 2023, é necessário inseri-lo no PAT (Plano Anual de Trabalho), cuja data limite de envio é dia 18/11/2022.

Mas por que esse novo programa é tão importante? Para o setor do agronegócio – um dos mais importantes para a economia brasileira e mundial –, projetos de Responsabilidade Social tornam-se cada vez mais necessários, tanto para atender às exigências do mercado interno, quanto externo, assim como as necessidades das pessoas situadas nos negócios rurais e no seu entorno bem como os aspectos de sustentabilidade. Com o aumento das pressões externas de compradores, ou devido a legislações ambientais mais rígidas, entre outros fatores, tem aumentado a necessidade do setor em atuar de forma cada vez mais sustentável, melhorando sua imagem diante de parceiros, clientes e da sociedade em geral.

O Programa Responsabilidade Social Rural está dividido em 6 módulos, com carga horária total de 120 horas. As informações que esse curso vai passar são muito importantes para todo produtor que quer modernizar suas atividades e se atualizar para continuar competitivo nas exigências do mercado quanto à responsabilidade social dos empreendedores do agronegócio.

O produtor rural já mostrou que tem capacidade de trabalho, que tem eficiência e compromisso com boas práticas sociais, econômicas e ambientais. Mas é preciso dar um passo além e evoluir ainda mais em aspectos de responsabilidade social. Por isso os Sindicatos Rurais devem ficar atentos a essas demandas e incluir esse novo Programa em sua grade de ações disponibilizadas pelo SENAR-SP, sempre atento às questões econômicas, sociais e ambientais que envolvem empresas, pessoas e meio ambiente do agronegócio.

De 08 a 10/11 foi realizado um Treinamento Técnico de Instrutores sobre o Programa com 31 profissionais de todo o Estado de São Paulo, com experiência em projetos de Responsabilidade Social nas empresas. As trocas de experiências entre os participantes foram muito ricas e diversas, comprovando a urgência de se tratar desse tema junto ao público do SENAR-SP atendido pelos sindicatos rurais.

Outras informações acesse o Portal FAESP/SENAR-SP