ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso

SENAR-MT anuncia nome dos selecionados do CNA Jovem para Etapa Nacional
13 Jul CNA Jovem 2018 primeiro encontro 2

SENAR-MT anuncia nome dos selecionados do CNA Jovem para Etapa Nacional

28 de novembro 2018
Por CNA
Por Senar

Daniella Blanco Dalponte, 25 anos, de Primavera do Leste, Wildon Cardoso de Souza, 28 anos, de Dom Aquino e Amanda Cristina Jorge Faitta, 26 anos, de Juruena foram os mato-grossenses selecionados para a Etapa Nacional do Programa CNA Jovem Jovens Liderando o Agro, realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Este programa tem como objetivo desenvolver novas lideranças para o campo.

A etapa nacional está prevista para março de 2019. Em 2018, a primeira fase foi por meio do Ensino a Distância (EaD). Os outros três encontros foram presenciais, onde os participantes tiveram a oportunidade de debaterem os desafios e oportunidades do setor do agronegócio por meio de palestras e dinâmicas. Outra atividade importante, deste programa, é despertar o autoconhecimento e o espírito empreendedor.

Cada um dos participantes apresenta um projeto que é chamado de desafio. Os três selecionados em cada estado brasileiro participam da etapa nacional, onde há um vencedor que ganha a participação em uma Missão Técnica Internacional como prêmio.

A expectativa dos mato-grossenses para conquistar o prêmio nacional é grande. Daniella Blanco Dalponte conta que o seu desafio é fortalecer a relação entre os produtores rurais e as entidades que representam o setor. “Sei que é uma tarefa difícil e que é preciso diversas ações. Já tenho várias ideias. Entre elas a de fazer grupos de whatsap e até promover café da manhã para troca de experiência. Sei que vários sindicatos já fazem isso em Mato Grosso, mas meu desafio é fazer com que todos os sindicatos tenham atividades para mostrar tanto o próprio serviço prestado, quanto o das entidades que representam o setor do agronegócio”.

Amanda Cristina Jorge Faitta, que representa o município de Juruena, está propondo a criação de um Projeto de Lei para o reaproveitamento de alimentos excedentes em feiras municipais, mercados e propriedades rurais, por meio da alimentação sustentável e saudável nas escolas. “Tínhamos excelentes candidatos, então quando recebi a notícia me senti realizada. A oportunidade de conhecer novas lideranças e poder contribuir de alguma forma para o desenvolvimento e fortalecimento do setor agropecuário me deixa muito entusiasmada”, enfatiza Amanda.

E o selecionado de Dom Aquino, Wildon Cardoso de Souza leva para etapa nacional o desafio de introduzir novas lideranças no sindicalismo rural. Ele conta que pretende começar o trabalho em seu município e ampliar para todo o estado. “Já estamos trabalhando. Uma de nossas primeiras ações será o plantio de árvores nas Áreas de Preservação Permanente (APP) que estão degradadas. O plantio será feito pelos estudantes e as mudas serão produzidas pela reeducandos”, conta entusiasmado.