ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Saiba o que é Seguro Paramétrico
Live seguro parametrico

Sistema CNA/Senar debateu o tema na quinta (1) com o diretor do Inmet

2 de dezembro 2022
Por CNA

Brasília (02/12/2022 ) – Você sabe o que é seguro paramétrico? Na live desta quinta (1º), o Sistema CNA/Senar recebeu o diretor do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Miguel Lacerda, para falar sobre o assunto.

O tema é um dos cinco desafios da chamada de investimentos, que vai selecionar cinco empresas de tecnologia, uma para cada desafio, para solucionar gargalos do setor.

“Fizemos um mapeamento no campo e, por meio de votação, o seguro paramétrico foi escolhido como um dos desafios prioritários pelos produtores rurais”, afirmou a especialista em Inovação do Hub CNA Digital, Kimberly Montagner.

De acordo com Miguel Lacerda, o seguro paramétrico é um dos eixos que o Inmet trabalha e entra no arcabouço de riscos climáticos.

“Como funciona: você pode comprar um dia de sol ou de umidade relativa do ar para fazer a colheita da soja, por exemplo,” afirmou. “O que o seguro paramétrico faz é precificar um risco a partir de um parâmetro específico: incidência solar e umidade relativa do ar são parâmetros que você pode contratar de forma virtual”.

O diretor acrescentou que não é preciso fazer a fiscalização porque ela é feita de forma geral. “Se no dia X choveu, o produtor recebe o seguro proporcional segundo os parâmetros que ele definiu. Se não choveu, ele já pagou o prêmio. O prêmio é pago a partir do parâmetro definido em um contrato ágil”.

Lacerda disse ainda que esse é um tipo de seguro moderno e novo no Brasil, que possibilita ao produtor escolher o tipo de parâmetro que quer segurar ao invés de fazer o seguro de toda a lavoura.

“Qual a vantagem disso? Na parte de resseguro, eu consigo lançar um derivativo de resseguro na bolsa, ou seja, dias de sol em uma determinada região podem ser comercializados na bolsa de valores”.

Na avaliação dele, os principais desafios para que esse tipo de seguro funcione no setor agropecuário vão desde o mapeamento de risco, estrutura de governança, facilidade de operação e integração com os outros dados climáticos.

“No futuro, a ideia é abrir o celular e poder contratar o seguro. Então, em toda essa cadeia há espaço para inovação, assim como para diagnóstico de risco. Com o cenário de risco climático que deve acontecer daqui para frente acredito que o seguro paramétrico será um divisor de águas”.

O Sistema CNA/Senar também promoveu o debate sobre os desafios Comércio Eletrônico e Conectividade. Os próximos temas são mercado de carbono e rastreabilidade animal.

No link https://www.youtube.com/watch?v=55DhFFqrOUw você acompanha todo o debate sobre o tema.

Para mais informações sobre a chamada de investimentos e os cinco desafios do agro, acesse a página do Hub CNA Digital: www.cnabrasil.org.br/hub

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte