ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Santa Catarina

Propriedade rural do oeste de SC é referência em qualidade leiteira
04

8 de fevereiro 2020
Por Senar

A propriedade rural da família Zanetti, localizada em Coronel Freitas no oeste catarinense, foi reconhecida a melhor em qualidade leiteira pela indústria de lácteos Piracanjuba (Maravilha/SC). Esse foi o resultado da dedicação dos produtores rurais em melhorar e aumentar a produtividade de leite por meio do programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), em parceria com o Sindicato Rural de Chapecó. Mais de 3,3 mil pessoas do sul do País concorreram a sétima edição do prêmio, que foi entregue em janeiro.

Para serem consagrados, os proprietários do estabelecimento rural, Glaucia Marlene Zanetti e Javan Maestri , cumpriram com os seguintes critérios de avaliação: maior teor de gordura e de proteína do leite, menor Contagem Bacteriana Total (CBT), menor Contagem de Células Somáticas (CCS) e fornecimento de leite no período mínimo de 12 meses.

“A implementação da metodologia ATeG foi fundamental para atingirmos os parâmetros de qualidade. Quando iniciamos o programa, eu não sabia o que era a CCS. Então, o técnico nos ensinou a monitorar. Todos os meses coletamos e enviamos o leite para a análise. Quando o resultado é alto, destinamos esse leite para os bezerros e após três meses refazemos o teste nesse animal. Esse é um exemplo do nosso aprendizado no programa. O prêmio foi resultado desse trabalho e foi gratificante, pois nos incentiva a melhorar cada vez mais”, explicou Glaucia.