ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso do Sul

Produzir mais com menos: curso do Senar/MS apresenta benefícios da pecuária tecnificada
Materia Educacao Campo Capa

Produtor tem em mãos o controle de todo o rebanho em diferentes fases, da cria ao abate

18 de maio 2022
Por CNA

Assim como em diferentes cadeias produtivas, a tecnologia surge como aliada no desafio do bovinocultor de corte para melhorar a produtividade em uma área menor e com baixo custo. Este é um dos temas abordados no curso Noções Básicas de Pecuária que faz parte do portfólio Senar/MS e é tema da editoria #EducaçãonoCampo desta quarta-feira (18). 

“A utilização de softwares amplia o controle do rebanho na cria, recria e engorda, com protocolos de inseminação artificial e acompanhamentos mensais, semestrais e anuais. O monitoramento do rebanho otimiza a produção e a precisão com a nutrição animal. Essas são algumas melhorias que a tecnologia permite na atividade agropecuária”, explica o instrutor da capacitação, Robson Ribeiro.

A sustentabilidade também é um dos pontos abordados no curso. “Em todo o Brasil, o bovinocultor de corte tem uma produção 100% sustentável. Um dos exemplos é a questão do manejo de pastagem que, quando bem-feito, não existe problema com a degradação de solo”, acrescenta. 

Além das ferramentas e inovações, o produtor mantém a conexão com as entidades representativas da sua área. “Ele precisa ser ouvido e instituições como Famasul, Senar, dão voz às demandas e pautas mais importantes. O melhor exemplo é a atuação do presidente Marcelo Bertoni, que foi voz ativa principalmente com questões ambientais, participação que fomenta políticas públicas de interesse da classe produtora”. 

A próxima agenda deste curso será nos dias 16 e 17 de junho, no município de Camapuã, com duração de 16 horas e 12 vagas. Os interessados em solicitar a capacitação, basta procurar pelo sindicato rural do seu município.