Prêmio CNA Brasil Artesanal promove degustação de queijos em Brasília
Degustacao queijos

Etapa de júri popular aconteceu no Parkshopping na quarta (8)

8 de junho 2022
Por CNA

Brasília (08/06/2022) – O público que circulou na quarta (8) pelo Parkshopping, em Brasília, pôde conferir os 15 queijos participantes do Prêmio CNA Brasil Artesanal, que vai escolher os melhores queijos artesanais do País.

A degustação no shopping foi a etapa de júri popular em que cada pessoa apreciou, em cinco amostras por categoria, o cheiro, a textura e o sabor dos queijos sem ter acesso às informações do produto e do produtor, dando nota de 1 a 9 para cada um.

Os queijos foram enviados por produtores de Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina nas categorias: artesanais com tratamento térmico; artesanais com 30 a 180 dias de maturação; e artesanais com adições/aromatizados/condimentados.

A lojista Glenda Giovana foi a primeira a degustar os queijos. Ela experimentou os produtos da categoria artesanal com tratamento térmico. “São bem diferentes do que estou acostumada e gostei mais de dois porque me lembram o queijo tradicional.”

Glenda

“Não tenho formação assertiva sobre as variações, mas quando você prova algo um pouco diferente você percebe o gosto porque está acostumado com um só tipo. Eu gostei e acredito que descobrir coisas novas é interessante, é uma oportunidade de conhecer, afinal, só se gosta o que se conhece”, afirmou Wanderson Soares, visitante do shopping.

Wanderson

Para a produtora de lavanda orgânica, Francy Lourdes Pereira Borges, que experimentou os queijos aromatizados e condimentados, a ideia do prêmio acontecer em Brasília é uma oportunidade para a cidade conhecer a variedade de produtos que o Brasil possui.

“Brasília tem muito mercado como as embaixadas, por exemplo, por isso é muito válido vir para cá até mesmo para desenvolver outras atividades. O País tem muito potencial, nossos produtos são muito bem aceitos no exterior e eventos como esse são um incentivo para quem produz.”

Francy

O empresário Sertori Monsores confirma a avaliação de Francy. Ele foi à degustação para conhecer os queijos artesanais e quem sabe, encontrar um para compor os pratos da sua hamburgueria. Ele afirmou que buscava uma sensação diferente e queria ser surpreendido.

Sertori Monsoris

“São todos ótimos, estão de parabéns. Queria ser surpreendido e consegui isso em dois queijos que começam com um sabor e terminam com outro. Realmente é algo que estou procurando. Foi uma experiência bem diferente e positiva. O produtor rural é a locomotiva do País, temos que valorizar, e o meu negócio não vive sem o produtor, por isso viemos aqui dar essa força e levar essa experiência positiva para nosso cliente.”

O médico Emerson Luz avaliou os queijos e destacou, além dos sabores, a importância dos lácteos para a saúde, como fontes de cálcio, proteínas e de gorduras saudáveis.

Emerson luz

“São ricos em vitamina A, B e ácido fólico. É muito bom para saúde e uma fonte nutricional importantíssima para gente. Recomendo inclusive para as pessoas que têm intolerância à lactose porque o queijo consume a lactose durante sua produção, principalmente os queijos brancos, daí a pessoa pode escolher o melhor queijo para ela.”

A assessora da Diretoria Técnica CNA, Fernanda Silva, afirmou que está sendo desafiador realizar o primeiro concurso de queijo artesanal da CNA.

“A parceria com a Epamig e o Sebrae está sendo muito importante, principalmente porque buscamos ao máximo fazer com que os produtores de todo o País participassem. Com isso, estamos conseguindo divulgar os alimentos tradicionais e artesanais e fazendo as pessoas conhecerem a diversidade de queijos do Brasil.”

Queijo degustacao juri popular

Prêmio - O Prêmio CNA Brasil Artesanal está na sua quarta edição. Este ano, a CNA fez parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Além das etapas técnica e júri popular, o concurso também irá avaliar a história do produto enviada pelo produtor na ficha de inscrição. Essa etapa pretende analisar, por exemplo, o conhecimento tradicional, a contribuição para a autonomia econômica do produtor (a) rural, a sustentabilidade ambiental e o aspecto diferencial ou original do produto.

Os finalistas nas três categorias irão receber um prêmio em dinheiro, o curso Sebrae Empretec e um certificado. O primeiro colocado receberá R$ 6 mil, o segundo R$ 3,5 mil, o terceiro R$ 2 mil, o quarto lugar R$ 1 mil e o quinto colocado, R$ 500. A data da premiação será divulgada posteriormente.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte