ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso do Sul

Nova vertente do Senar/MS potencializa suinocultura para produtores independentes
IMG 2774 220420 172150

O programa leva acompanhamento mensal do gerenciamento financeiro e estratégico da granja com foco na tomada de decisão a curto prazo.

20 de abril 2022
Por Senar

O Senar Mato Grosso do Sul agora tem em seu portfólio de Assistência Técnica e Gerencial uma nova vertente para produtores independentes da suinocultura no estado. O formato tem como diferencial o acompanhamento mensal do gerenciamento financeiro e estratégico da granja com foco na tomada de decisão a curto prazo. Este é o tema da editoria #EducaçãonoCampo desta quarta-feira (20). 

Os possíveis resultados têm como base o manejo e a nutrição animal, considerando o custo elevado de produção da alimentação suína. 

“No formato de atendimento independente o produtor sabe em tempo real como está seu custo, receita e rendimentos de acordo com o mercado atual, podendo tomar decisões mais assertivas no gerenciamento do negócio”, explica a coordenadora da ATeG Aves e Suínos, Janaina Gheller.

A orientação que norteia o negócio rural é a gestão financeira na ponta do lápis, ou seja, saber exatamente o que gastou e o que rendeu, para posteriormente planejar futuros investimentos a médio e longo prazo, sem que isso comprometa financeiramente o seu negócio. 

“O técnico fará um levantamento total do inventário da granja, onde será realizado o chamado ‘resgate’. O técnico de campo planeja junto com o suinocultor uma estratégia, com metas traçadas. Nesse momento, todas as oportunidades e desafios são levantadas para que o produtor possa trilhar o próprio caminho”, acrescenta. 

O produtor que queira participar do programa deve procurar pelo sindicato rural do seu município e falar do interesse pela iniciativa. Uma equipe vai até a granja para entender a sua atividade e a gestão do seu negócio. 

O atendimento tem duração de dois anos podendo se estender caso haja necessidade.