ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Mato Grosso

Noroeste de Mato Grosso prevê realizar mais de 80 ações educacionais até fim do ano
25102021085112

A região é voltada para a pecuária e a maior demanda é para capacitação nessa área.

25 de outubro 2021
Por Senar

Os municípios localizados na região noroeste mato-grossense preveem a realização de mais de 80 capacitações ainda neste ano, pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceria com os Sindicatos Rurais.

Como uma região desenvolvida no setor da pecuária, a maior parte dos treinamentos é relacionada a essa área. Dentre os cursos mais demandados estão inseminação artificial de bovinos, confecção de arreios, casqueamento e ferrageamento de equídeos e vacinação contra a brucelose.

De acordo com o supervisor da Regional de Juína, Antônio Pagnussat, a pecuária é o ponto forte da economia local e a oferta de cursos capacita mão de obra para trabalhar na área. "A expectativa para 2022 é ampliar as capacitações na área da pecuária e investir em treinamentos na área de agricultura que está começando a se desenvolver na região", afirma.

Além do conhecimento teórico e prático do campo, a região também demanda ações voltadas à parte social. Brasnorte foi o primeiro município a receber o Cine Senar em 2021, projeto que levou entretenimento à comunidade rural. O programa esteve 18 meses suspenso por causa das restrições sanitárias e foi retomado na primeira semana de outubro.

Regionais -  O Senar-MT conta com o apoio de dez Regionais, a fim de organizar a demanda e ser um elo entre a sede localizada em Cuiabá e os Sindicatos Rurais. Cada Regional possui um supervisor que é responsável por dar suporte aos municípios e conhecer as necessidades de cada região.

A Regional de Juína é composta pelos Sindicatos Rurais de: Aripuanã, Brasnorte, Castanheira, Colniza, Cotriguaçu, Juara, Juína, Juruena e Porto dos Gaúchos que também atende o município de Novo Horizonte do Norte.

De acordo com o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia, as Regionais são primordiais para o acompanhamento das localidades. "As Regionais são um braço do Senar-MT que nos ajudam a acompanhar cada parte desse nosso estado grandioso e cheio de particularidades", afirma.