ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Paraná

Em menos de dois anos, CEMF forma mais de 40 grupos locais
CEMF

Criada no início de 2021, Comissão Estadual de Mulheres da FAEP já mobilizou mais de 1,4 mil mulheres no Paraná, fortalecendo o sistema sindical

26 de outubro 2022
Por CNA

Desde a criação da Comissão Estadual de Mulheres da FAEP (CEMF), a presença feminina tem sido fortalecida em dezenas de sindicatos rurais do Paraná. Por meio das comissões locais, as mulheres estão mais organizadas e determinadas a reivindicarem seus espaços no agronegócio paranaense, dentro e fora da porteira.

O trabalho da CEMF já mostra resultados consolidados, inclusive em números. Hoje, 43 comissões locais já estão formadas em todas as regiões do Paraná. Ao todo, mais de 1,4 mil mulheres fazem parte da mobilização estadual, sendo cerca de 200 na coordenação dos grupos locais (veja no mapa abaixo).

“Em cada município encontramos um perfil diferente. Temos grupos mais maduros, outros que exigem um trabalho maior para se consolidar, pois têm muitas dúvidas. Mas sei como elas estão se sentindo, porque no começo também tínhamos muitas perguntas. É no desenvolvimento do trabalho que a gente vai entendendo”, afirma a coordenadora da CEMF, Lisiane Rocha Czech. “O maior desafio é a convocação, a pessoa acreditar no grupo. Mas a força coletiva tem dado ótimos resultados”, complementa.

Divisor de águas

Para Lisiane, o 10º Encontro de Produtoras Rurais, realizado em agosto em Cascavel, no Oeste do Paraná, que reuniu mais de 650 mulheres, foi um divisor de águas para a Comissão Estadual. O evento funcionou como uma vitrine do trabalho, expondo os resultados que a mobilização feminina pode trazer e incentivando a organização de novos grupos.

Diante desta necessidade que veio do campo, a FAEP disponibilizou um trabalho de consultoria personalizada para as comissões locais. Sete profissionais foram treinados para identificar as demandas de cada localidade, com o objetivo de compreender o propósito de cada um dos grupos e transformar ideias em um plano de ações, com prazos e metas.

Após a capacitação das comissões, Lisiane revela que o próximo passo é realizar reuniões com as coordenações locais para debater as ações planejadas e realizadas. “O networking, que já está acontecendo, é muito importante, para que as mulheres se sintam encorajadas e também parte de algo maior”, ressalta. As comissões locais de mulheres que estiverem interessadas em receber a consultoria precisam solicitar ao sindicato rural do qual fazem parte, para que este entre em contato com o Departamento Sindical da FAEP, no telefone (41) 2169-7963.

Áreas de atuação