ALIMENTAR

É CONSTRUIR

O FUTURO

Rio Grande do Sul

Após altas consecutivas, IICP registra queda em junho
51324391716 9c41a963c5 c

IIPR também teve retração no último mês

21 de julho 2022
Por CNA

Por: Imprensa Sistema Farsul

Após três meses de altas consecutivas, o Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP) teve uma queda de 1,19% em junho na comparação com o mês anterior. O Índice de Inflação dos Preços recebidos pelos Produtores Rurais (IIPR) também teve retração de 1,5% no período. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (21/7) pela Farsul. Os dados do relatório e a série histórica dos indicadores estão disponíveis no Farsul Big Data .

O principal fator que impactou o resultado nos custos de produção foi o preço dos fertilizantes. Em 12 meses, o IICP acumula alta de 40,68%. A assessoria Econômica da Farsul destaca que essa elevação acontece em uma base já alta. 2021 já foi um ano de forte elevação do indicador. No acumulado no ano o IICP atingiu inflação de 9,08%.

No caso do IIPR, os preços da soja e milho foram os principais motivos para a baixa do indicador. Em 12 meses, o IIPR aponta uma alta de 13,60%. Apesar do resultado positivo para a receita dos produtores, os custos crescem em velocidade mais acelerada, estreitando as margens de lucro da atividade.

A Farsul também destaca que o crescimento do IIPR em 12 meses está abaixo do IPCA Alimentos (13,93%), demonstrando que os preços ao consumidor estão em elevação mais acentuada do que os valores praticados no campo. A mesma situação acontece com o IICP em relação ao IPCA, mesmo que o país esteja passando por um momento de inflação geral (1,89%).

Confira Relatório Completo