Região Nordeste

A CNA trabalha em prol do desenvolvimento da agropecuária na região Nordeste do Brasil. Na estrutura da CNA, a Comissão Nacional de Desenvolvimento da Região Nordeste coordena as ações que podem beneficiar essa região, propõe soluções e promove articulações junto ao Poder Executivo, Legislativo e aos demais órgãos e entidades do setor. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) fomenta a capacitação e presta assistência técnica e gerencial na propriedade rural. Explore as ações relacionadas ao Desenvolvimento da Região Nordeste do Brasil e saiba mais sobre o que o Sistema CNA está fazendo pelo produtor rural.

A Comissão Nacional da Região Nordeste do Brasil é formada por representantes das nove Federações de Agricultura e Pecuária que compõem essa região.

A Comissão dedica-se a discutir problemas institucionais na região nordeste, cuja inexistência e inadequação de políticas públicas de crédito, alinhadas à falta do seguro rural e insuficiência de programas de transferências de tecnologias voltadas à convivência com a seca, prejudicam o desenvolvimento rural.

O objetivo principal da Comissão é promover ações para o desenvolvimento econômico e social dos produtores na região Semiárida do Brasil, participando ativamente das discussões e decisões da política agrícola da região, visando melhoria nas condições de produção e aumento de renda dos agricultores.

Comissão Nacional de Região Nordeste

Relato das ações da Comissão

  • Fomento a capacitação dos produtores e acesso à assistência técnica através do Programa Sertão Empreendedor do Senar.
  • Elaboração de políticas públicas para o setor;
  • Atuação junto ao legislativo em defesa de projetos que favoreçam o setor;
  • Propostas de crédito específicas para a região do Semiárido Nordestino;
  • Fortalecimento da cultura do cooperativismo e associativismo;
  • Desenvolvimento junto à Codevasf e ao Ministério da Integração de Programas de Reserva Estratégica de Água, com uso de recursos hídricos para produção agropecuária de projetos como o da transposição do Rio São Francisco;
  • Gestão junto ao Ministério de Minas e Energia para melhorias no fornecimento da qualidade e quantidade de energia para a região do semiárido;

Resultados Alcançados

  • Conclusão da “Análise Estratégica Situacional para a Atuação da Comissão da Região Nordeste do Brasil”, o documento, que serve para nortear as ações da Comissão, foi concluído após levantamentos realizados nas Federações de Agricultura da região nordeste;
  • Apresentação e entrega à Ministra da Agricultura do documento: “Contribuições do Sistema CNA/Senar para Reinserção Produtiva e Econômica dos Estabelecimentos Rurais do Nordeste”;
  • Viabilização do milho para o Programa de Venda em Balcão da Conab.

Participação em fóruns, Câmara Setorial ou Grupos de Trabalho

Participação em fóruns, Câmara Setorial ou Grupos de Trabalho

2019 – 1º semestre

Busca de parcerias internacionais para inovação na pecuária nordestina

Foram iniciadas tratativas com as Embaixadas da Austrália e Israel para o desenvolvimento do setor agropecuário na região Nordeste do Brasil. A CNA participou da assinatura do Memorando de Entendimento entre a EMBRAPA e a CSIRO (órgão nacional para pesquisa científica na Austrália), o qual prevê o intercâmbio de conhecimento entre as entidades de pesquisa.

Além disso, a CNA está buscando pastagens resistentes ao estresse hídrico e tecnologias de dessalinização da água do mar que possam ser utilizadas na região Nordeste.

Apoio ao desenvolvimento de colheitadeira de campo para palma forrageira

A CNA está apoiando a empresa Sofien, de Campinas/SP que está desenvolvendo uma colheitadeira para palma forrageira. O início de execução do projeto físico será definido nos próximos meses, quando será possível informar quando a tecnologia estaria disponível aos produtores.

Publicado o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a palma forrageira nos estados da região Nordeste, além de MG e ES

No primeiro semestre foram publicadas as portarias para o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a cultura da palma forrageira nos estados que compõem a região de abrangência da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), por solicitação da CNA. O estudo e publicação do Zarc, instrumento de avaliação de risco da cultura, fortalecerá o sistema produtivo na região semiárida brasileira.

Fortalecimento da parceria entre a CNA/SENAR e BNB

A CNA, em colaboração com o Banco do Nordeste (BNB), iniciou a capacitação de técnicos das Federações Estaduais de Agricultura e Pecuária para a elaboração de projetos de contratação de operações de crédito para os produtores rurais. Trata-se de iniciativa prevista no acordo de cooperação entre a CNA e o BNB para promover o desenvolvimento da agropecuária na região de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Participações

CONSELHO CONSULTIVO DO CAMPUS TECNOLÓGICO REGIONAL PARA O NORDESTE (MCTI)
CONSELHO DELIBERATIVO DA SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE – (SUDENE)
GRUPO DE TRABALHO DO FUNDO CONSTITUCIONAL DE FINANCIAMENTO DO NORDESTE (INTEGRAÇÃO)


Notícias

Vídeos